Blog com notícias, comentários, charges e enquetes sobre o que acontece na política brasileira. Por Ricardo Noblat e equipe

18 anos Blog do Noblat

Presidente do Banco Central desmente Bolsonaro

Mas tudo ficará por isso mesmo

atualizado 12/08/2022 8:12

O economista Roberto de Oliveira Campos Neto, indicado pela presidência da República para o cargo de presidente do Banco Central, durante sabatina na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado Marcelo Camargo/Agência Brasil

Não é um fato normal o presidente do Banco Central, a maior autoridade monetária do país, desmentir o presidente da República.  Se ele tem razão, o presidente da República deveria explicar porque mentiu; se não tem, o presidente do Banco Central deveria pedir desculpas públicas a ele.

Bolsonaro reagiu à adesão dos bancos aos manifestos em defesa da democracia dizendo que ela aconteceu por conta da criação do Pix e de uma eventual perda de receita. No final de julho, declarou:

“Você pode ver, esse negócio de carta aos brasileiros, à democracia, os banqueiros estão patrocinando. É o Pix que eu dei paulada neles, os bancos digitais que nós facilitamos”.

O economista Roberto Campos Neto, presidente do Banco Central, disse em evento a Federação Brasileira de Bancos, em São Paulo:

“Não é verdade que os bancos perdem dinheiro com Pix. Na nossa visão, nunca é sobre quem tá perdendo e quem tá ganhando. O objetivo é que os bancos sejam um pedaço de uma torta muito maior. O objetivo é a bancarização”.

Há quase um ano, Campos Neto queixou-se a mais de uma pessoa que Bolsonaro “só atrapalha” seus esforços de convencer investidores estrangeiros a seguirem apostando no Brasil.

Últimas do Blog