Blog com notícias, comentários, charges e enquetes sobre o que acontece na política brasileira. Por Ricardo Noblat e equipe

18 anos Blog do Noblat

Ministro da Infraestrutura tem muito que aprender com o “doido”

Tarcísio dá uma de Bolsonaro para atacar Lula

atualizado 19/02/2022 11:23

Tarcísio Freitas leilão Reprodução

“Precisava que um doido assumisse a Presidência da República” para que o engenheiro e militar Tarcísio Gomes de Freitas chegasse a ser ministro da Infraestrutura, e agora candidato ao governo de São Paulo. “Esse doido foi Jair Bolsonaro”.

Quem o disse foi o próprio Tarcísio durante encontro com investidores. Na mesma linha, poderia ter chamado de “doida” a ex-presidente Dilma Rousseff que em 2014 o nomeou diretor-geral do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes.

Não a chamou, mas criticou-a, bem como a Lula. E para tal, valeu-se de palavrões à moda do presidente “doido” cujo estilo começa a copiar com a esperança de atrair votos. Bolsonaristas são estridentes, agressivos e desbocados; é sua marca registrada.

Sobre a candidatura de Lula a presidente, em seu momento mais Bolsonaro, Tarcísio disse:

“Corrupto tem de ir para o inferno, para o raio que o parta, para a puta que pariu. Por isso que eu não quero ver mais corrupto na Presidência da República. Me preocupa a saudade que alguns têm dessa época.”

Preocupa também o seu chefe que, ontem, afirmou:

“A gente tem preocupação. Espero que o povo acorde. Não estou dizendo que eu sou o melhor cara do mundo. Tem muita gente melhor do que eu por aí, mas veja se essa pessoa tem chance em uma eleição limpa, se ela tem chance de chegar lá”.

Bolsonaro apelou para o medo que parte do eleitorado tem do PT:

“Eles aqui [na Presidência] está na cara que eles não saem mais daqui. Teriam como prosseguir via voto e não mais sair daqui. Então, o Brasil estaria o caos, no meu entender”.

Tarcísio, por hora, não passa de um mero aprendiz de Bolsonaro.

Últimas do Blog