Blog com notícias, comentários, charges e enquetes sobre o que acontece na política brasileira. Por Ricardo Noblat e equipe

18 anos Blog do Noblat

Esvaziado, grupo do semipresidencialismo não empolga nem os deputados

A um mês do fim de seus trabalhos, o grupo faz debate e audiências públicas que se restringem praticamente aos nove integrantes

atualizado 13/05/2022 10:16

Reunião do GT do semipresidencialismo Câmara dos Deputados

A um mês de encerrar suas atividades e apresentar relatório sobre novo sistema de governo para o país, o grupo de trabalho que discute o semipresidencialismo na Câmara não empolgou nem mesmo os parlamentares.

Os debates e as audiências públicas, abertos a todos, atraem praticamente somente os nove integrantes desse GT. E nem todos compareceram ou participaram de todas as atividades até agora.

Nem mesmo as presenças de nomes renomados do Judiciário, como os ex-presidentes do STF Nelson Jobim e Ellen Gracie – que integram o Conselho Consultivo grupo -, têm atraído outros parlamentares. Os dois foram ouvidos no grupo.

O GT realizou até agora sete reuniões, entre as quais três audiências públicas. Fora os titulares do grupo, apenas nove deputados não-membros assistiram a um trecho ou outro do debate.

Para um assunto que gerou polêmica e bate-boca entre líderes políticos, como o ex-presidente Lula versus Arthur Lira (PP-AL), presidente da Câmara, o grupo não chama a atenção nem atrai holofotes.

Nesta semana, um grupo de alunos de administração da FGV assistiu à parte da reunião, mas nada de parlamentares.