Blog com notícias, comentários, charges e enquetes sobre o que acontece na política brasileira. Por Ricardo Noblat e equipe

18 anos Blog do Noblat

Grupo criado por Lira quer aprovar o semipresidencialismo em junho

Coordenador do grupo assegura objetivo não é mudar "as regras no meio do jogo" e que o presidencialismo atual não cabe mais

atualizado 30/03/2022 20:55

Igo Estrela/Metrópoles

O grupo constituído pelo presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), para discutir e aprovar a adoção do  semipresidencialismo no país definiu seu cronograma e agendou para meados de junho a votação desse sistema de governo. A criação do GT foi revelado pelo Blog do Noblat. 

No seu plano de trabalho, o coordenador do grupo, deputado Samuel Moreira (PSDB-SP), descarta a continiuidade do atual sistema presidencialista e diz que essa experiência mostra inconsistências. O parlamentar diz haver dois problemas: a falta de mecanismo para resolver conflitos entre Executivo e Legislativo e a falta de responsabilidade dos parlamentares da base com as políticas do governo.

Apesar da pressa em encerrar os trabalhos, Samuel Moreira diz que não se trata de mudar as regras no meio do jogo.

Até a votação do relatório, o cronograma prevê apenas quatro audiências públicas e três reuniões com o Conselho Consultivo, também criado por Lira, composto, entre outros nomes, por Nelson Jobim, Michel Temer e Ellen Gracie.

O regime semipresidencialista é muito próximo do parlamentarismo e prevê a figura do primeiro-ministro,  indicado pelo presidente da República e aprovado, ou não, pelos deputados. E também cria o instituto do voto de desconfiança, que permite a destituição do premiê.