Homem morre ao atear fogo na casa de ex-mulher; ela conseguiu fugir

De acordo com a polícia, o agressor não aceitava o fim do relacionamento. O homem tentou estrangular e sufocar a vítima

atualizado 16/07/2021 16:21

Guido Jansen/Unsplash

Um homem tentou matar a ex-companheira na manhã desta sexta-feira (16/7), em Porto Alegre (RS), e acabou morto. Ele invadiu a casa dela e ateou fogo, mas a vítima conseguiu escapar. A informação é da Gaúcha ZH.

Segundo a polícia, o agressor amordaçou e ainda tentou esganar e sufocar a ex-mulher com um travesseiro. Em seguida, incendiou a residência.

O casal, que esteve junto por cerca de 15 anos, separou-se há seis meses. No entanto, apesar de morarem em casas separadas, dividiam o mesmo terreno.

A delegada informou que a motivação do crime foi o fim do relacionamento. O homem não aceitava o término.

O Corpo de Bombeiros foi acionado e controlou as chamas. O homem ainda não teve o nome divulgado. A mulher, de 51 anos, foi levada ao hospital e passa bem.

Últimas notícias