DF: 99 dará desconto se rota for delegacia para denunciar assédio

Plataforma de mobilidade urbana vai subsidiar em R$ 20 as corridas que tiverem a Deam como destino final

Myke Sena/Esp. Metropoles

atualizado 20/02/2020 17:25

Com objetivo de incentivar que vítimas de assédio comuniquem crimes durante o Carnaval, a 99 vai subsidiar R$ 20 em corridas que tenham como destino final a Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam), na Asa Sul.

A ação terá início nesta sexta-feira (21/02/2020) e termina na próxima quarta (26/02/2020). A campanha se juntará à Unidos pela Diversidade, criada pela Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF).

O movimento busca promover um Carnaval com respeito, sem preconceito, racismo ou LGBTFobia. A inciativa conta com parceria do Ministério Público do Distrito Federal (MPDFT).

A ação tem como objetivo mostrar à população do Distrito Federal a importância de se respeitar as diferenças, além de divulgar os canais de denúncia anônima para quem comete crimes de intolerância, como o telefone 197 da PCDF; Disque 100, Direitos Humanos; Ouvidoria 162, do GDF; e Disque 127, da Ouvidoria do MPDFT.

Últimas notícias