com Rebeca Ligabue, Hebert Madeira e Sabrina Pessoa

Saiba quanto os brasileiros gastarão em fantasias de Carnaval

Pesquisa revela que seres encantados, memes e políticos são temas que devem inspirar os trajes de quem viajará para a curtir a folia

atualizado 14/02/2020 15:26

Julia Bandeira/Especial para o Metrópoles

O Carnaval, época mais festiva e colorida do Brasil, é uma ótima oportunidade para ousar no visual, investir em fantasias, brilho e roupas ousadas. Inclusive, é o período no qual muitos aproveitam para viajar e curtir os lugares onde a festa é mais agitada. Entre os foliões que sairão de suas cidades natais para curtir o feriado prolongado, 77% pretendem desembolsar até R$ 100 em fantasias. É o que mostra uma pesquisa realizada pela plataforma digital de viagens Booking.com.

Vem comigo saber os detalhes!

O levantamento informa que apesar de importante, a fantasia não é fundamental para 54% dos brasileiros que viajarão no Carnaval. Mesmo assim, grande parte pretende gastar até R$ 100 em opções para festejar.

Entre os viajantes da região Sudeste, o número sobe de 77% (dado geral) para 81%. Segundo a pesquisa, 18% dos viajantes gastarão de R$ 100 até R$ 300 em trajes carnavalescos.

As fantasias mais procuradas para quem vai curtir os blocos de 2020 são de seres encantados, como fadas, duendes, sereias e unicórnios. Essas criaturas inspiram as roupas de 37% dos foliões.

Outros 35% farão referências a memes, 20% a temas políticos e 11% pretendem se inspirar em personagens de filmes, séries ou desenhos animados.

Igo Estrela/Metrópoles
Pesquisa da plataforma Booking.com revelou que 77% dos brasileiros que viajarão para curtir o Carnaval gastarão até R$ 100 em fantasias

 

Vinícius Santa Rosa/Metrópoles
Apesar de acharem importante, 54% dos brasileiros viajantes não consideram fantasias fundamentais

 

Igo Estrela/Metrópoles
Cerca de 18% dos que participaram da pesquisa gastará entre R$ 100 e R$ 300 com a fantasia

 

Igo Estrela/Metrópoles
Na região Sudeste, 81% pretendem gastar até R$ 100

 

O planejamento é bem variado. O bloco de rua ou a festa, por exemplo, influenciam na escolha de 34% dos foliões e há também quem use fantasias em grupo (15%). Uma parcela de 6% encomenda fantasias exclusivas com profissionais e costureiros especializados.

Com a sustentabilidade em alta, 8% reaproveitam trajes de anos anteriores e 34% montam a fantasia com roupas e materiais que já têm em casa. Outros 16% planejam um look cômico diferente para cada dia do Carnaval.

Igo Estrela/Metrópoles
Personagens de desenhos animados, filmes e séries serão a inspiração de 11% dos brasileiros, diz o levantamento

 

Igo Estrela/Metrópoles
Alguns devem se inspirar em memes (35%) e outros em temas políticos (20%)

 

Julia Bandeira/Especial para o Metrópoles
A grande inspiração (37%) promete ser de seres encantados, como fadas, duendes, sereias e unicórnios

 

JP Rodrigues/Metrópoles
Para 34%, a procura pelas peças varia de acordo com o bloco ou festa

 

Igo Estrela/Metrópoles
Há foliões (16%) que planejam fantasias diferentes para cada dia do Carnaval

 

Para analisar os dados, a pesquisa compilou as respostas de 1 mil pessoas espalhadas nas cinco regiões do país, em dezembro de 2019. Homens e mulheres – com idades entre 18 e 60 anos , das classes A, B e C – responderam ao questionário on-line.

Ainda não sabe o que usar neste Carnaval? A coluna fez seleções de marcas nacionais e etiquetas brasilienses que estão no Instagram. Na cidade, também há opções de lojas para alugar fantasias temáticas.

Felipe Menezes/Metrópoles
Uma parcela de 6% encomenda fantasias exclusivas com profissionais e costureiros especializados

 

Giovanna Bembom/Metrópoles
Os trajes de anos anteriores são reaproveitados por cerca de 8% dos foliões

 

JP Rodrigues/Metrópoles
Cerca de 16% planeja um look cômico diferente para cada dia do Carnaval

 

Vinícius Santa Rosa/Metrópoles
Sustentabilidade: 34% montam a fantasia com roupas e materiais que já têm em casa

 

Julia Bandeira/Especial para o Metrópoles
A pesquisa compilou as respostas de 1 mil pessoas espalhadas nas cinco regiões do país, em dezembro de 2019

 

Booking.com

Propriedade da Booking Holdings, a Booking.com é uma empresa de e-commerce de viagens que começou como startup em Amsterdã, na Holanda, em 1996. Hoje, está disponível em 43 idiomas e inclui mais de 29 milhões de anúncios. Por meio dela, é possível pesquisar hospedagens, voos, aluguel de carros, atrações das cidades e táxis dos aeroportos.

Colaborou Hebert Madeira

Últimas notícias