PCDF lança campanha contra racismo e LGBTFobia no Carnaval

Haverá distribuição de materiais informativos e ampla divulgação da campanha no metrô, aeroporto e na rodoviária

Myke Sena/Esp. MetropolesMyke Sena/Esp. Metropoles

atualizado 14/02/2020 20:15

A Delegacia Especial de Repressão aos Crimes por Discriminação Racial, Religiosa ou por Orientação Sexual ou Contra a Pessoa Idosa ou com Deficiência (Decrin) lançou,  nesta sexta-feira (14/02/2020), a campanha Unidos da Diversidade. A ideia é promover um Carnaval com respeito, sem preconceito, racismo ou LGBTFobia. A inciativa conta parceria do Ministério Público do Distrito Federal (MPDFT).

Durante o Carnaval, haverá distribuição de materiais informativos e ampla divulgação da campanha nos canais de comunicação dos órgãos envolvidos, no metrô, na rodoviária e no aeroporto. Também serão distribuídos adesivos e viseiras nos blocos carnavalescos do DF.

Ainda são parceiros  no projeto criado pela Polícia Civil do DF (PCDF) a Subsecretaria de Direitos Humanos da Secretaria de Justiça do DF e a Comissão de Defesa dos Direitos Humanos, Cidadania, Ética e Decoro Parlamentar da Câmara Legislativa do DF (CLDF).

Como denunciar

A ação tem como objetivo mostrar à população do Distrito Federal a importância de se respeitar as diferenças, além de divulgar os canais de denúncia anônima para quem comete crimes de intolerância, como o telefone 197 da PCDF; Disque 100, Direitos Humanos; Ouvidoria 162, do GDF; e Disque 127, da Ouvidoria do MPDFT.

Últimas notícias