Sete experiências incríveis para viver na Ilha da Madeira

Destino português localizado no Atlântico reúne passeios de aventura, degustação de vinhos, praias relaxantes e parques

DivulgaçãoDivulgação

atualizado 15/05/2019 19:11

Destino português localizado em meio ao oceano Atlântico, a Ilha da Madeira é conhecida por suas paisagens, balneários com hotelaria de qualidade e premiados vinhos. Mas o arquipélago tem muito mais a oferecer aos visitantes, garantindo momentos inesquecíveis.

De origem vulcânica, sua localização privilegiada proporciona clima ameno e mar com temperatura agradável o ano inteiro, além de cenários de montanhas, vales e penhascos, todos cobertos pela  vegetação Laurissilva, nomeada Patrimônio Natural da Humanidade pela Unesco.

O arquipélago é formado por um conjunto de ilhas, sendo as principais e únicas habitadas Madeira e Porto Santo, onde é possível visitar ótimos restaurantes para provar a gastronomia local, além de premiados vinhos madeirenses.

Confira sete experiências únicas que você pode viver no destino:

Foto: Greg Snell
Monte Palace Garden

Ver golfinhos e focas, além de passear por ilhas desabitadas
Nada de aquários ou zoológicos. Golfinhos e baleias nadam livremente pelas águas que circundam a ilha, e basta um passeio de barco para vê-los de perto em seu habitat natural, brincando e espirrando água por aí.

Embora as principais ilhas do arquipélago sejam Madeira e Porto Santo, existem outras ilhotas desabitadas que fazem parte dele. As Desertas, por exemplo, são uma reserva natural acessível em excursões de barco, que terminam em uma baía de águas cristalinas onde se pode nadar, fazer snorkeling e relaxar. Os moradores mais célebres de lá são as focas monge, a espécie de foca mais rara do mundo.

Foto: Turismo da Madeira

Provar frutas exóticas
As condições climáticas da Madeira permitem o cultivo de diversas plantas que são inéditas mesmo aos brasileiros. Por lá, é possível provar os sabores do maracujá roxo, da curiosa anona e da ginja, por exemplo.

Foto: Greg Snell
Mercado dos Lavradores, em Funchal

Foto: Greg Snell

Nadar em piscinas naturais
Com uma geografia acidentada e montanhosa, este destino tem em alguns pontos da costa piscinas naturais formadas por rochas, onde o mar entra naturalmente. O cenário é lindo, com o oceano ao fundo, e nadar em uma dessas áreas é uma experiência inesquecível.

Porto Santo, a segunda ilha habitada do arquipélago da Madeira, possui uma praia com 9 quilômetros de extensão, o que lhe rendeu o apelido de “Ilha Dourada”. A água é transparente e a areia clarinha tem propriedades terapêuticas comprovadas, rica em minerais como magnésio, cálcio, fósforo e estrôncio. Por isso, muitos visitantes aproveitam para realizar tratamentos para problemas reumáticos e ortopédicos no local.

Foto: Turismo da Madeira
Praia Porto Santo – Madeira
Foto: Francisco Correia
Piscinas Naturais

Passear em um vinhedo
O vinho da Madeira é famoso no mundo todo pelo seu alto teor alcoólico, qualidade e ótima longevidade. Numa viagem ao arquipélago, vale a pena conhecer algum dos produtores de vinho, aprender como ele é feito e fazer uma degustação.

Foto: Turismo da Madeira

Explorar uma floresta
A Madeira é lar da Floresta Laurissilva, com vegetação que só existe nas ilhas desta região do Atlântico. É possível realizar caminhadas por suas trilhas e conhecer não apenas as lauráceas, árvores que deram o nome à floresta, mas também rios, lagos e paisagens imperdíveis.

Encantar-se com vistas de perder o fôlego
Por ser montanhosa, a Madeira tem diversos mirantes espalhados por pontos altos da ilha. As vistas são impactantes e há diferentes ângulos para apreciar, desde as formas do litoral até vilas e cidades.

Foto: Turismo da Madeira

Aventurar-se em cavernas
A atividade vulcânica formou, há quase 900 mil anos, um percurso subterrâneo de quase um quilômetro na Ilha da Madeira: as Grutas de São Vicente. Além do visual, o passeio pelas grutas explica como o arquipélago foi originado.

Foto: Francisco Correia
Levada do Castelejo

Últimas notícias