O que é e como se livrar rapidamente da gordura visceral

Dieta e exercícios físicos são fundamentais para dar adeus a esse tipo de gordura

atualizado 22/07/2021 9:56

ISTOCK/EYJAFJALLAJOKULL

Ligada à pressão alta, diabetes e doenças cardíacas, a gordura visceral é uma preocupação para milhões de pessoas. Um dos quatro tipos de gordura existentes no corpo, ela cobre os órgãos internos e é encontrada, sobretudo, na região abdominal. Em excesso, pode ser crucial para o bom funcionamento do organismo.

A melhor maneira de combatê-la é promover mudanças em seu estilo de vida. “A dieta é cerca de 80% da equação. O exercício também é muito importante. Aumente sua frequência cardíaca por 30 minutos por dia, todos os dias”, explicou Michael Russo, um cirurgião bariátrico americano, ao portal Insider.

Segundo ele, a primeira medida é controlar o índice de massa corporal (IMC) e se atentar para que as medidas de cintura não ultrapassem os limites impostos por seu médico e nutricionista.

Rotina de exercícios

O exercício, ele explica, deve ser o do tipo que “faz suar a camisa”. Vale pensar em treinamento de força e corrida como ótimos aliados.

Se você é sedentário e não se sente apto para tal, comece com longas caminhadas por seu bairro, até se sentir pronto para opções mais rigorosas. O Metrópoles listou sete benefícios dessa atividade.

E a dieta?

Russo ensina que adicionar mais vegetais ao prato e diminuir a quantidade de sódio nas receitas já é um importante adendo. Depois, diminua a quantidade de açúcar e evite, ao máximo, produtos industrializados.

Outra medida que ajuda consideravelmente é focar a alimentação em proteínas magras, grãos e frutas.

De acordo com ele, apenas com essas mudanças é possível perder gordura visceral em um ritmo razoável.

E eis uma boa-nova: em geral, a ciência percebeu que a gordura visceral “some” mais rapidamente com dieta e exercícios do que os outros tipos. De acordo com a Harvard Health, isso ocorre porque o corpo a descarta de forma mais ágil, por meio do xixi e do suor, por exemplo.

A perda de peso, porém, é algo individualizado. Dependerá de quanta gordura visceral você tem que dar adeus e de como seu corpo a elimina. Procure um profissional de saúde para te acompanhar nesse processo.

0

Últimas notícias