Instagrammers famosos ensinam reformas fáceis para mudar sua casa em 2021

Os nomes à frente dos perfis Casinha da Port’Azul e Diycore revelaram o que fazer para transformar a decoração sem quebra-quebra

atualizado 09/01/2021 13:25

Arquivo pessoal/Reprodução

Estar em casa ganhou um novo significado em 2020. Muitas foram as tendências, ideias e tutoriais que surgiram sobre decoração e arquitetura. Neste ano, a proposta de olhar para dentro deve perdurar, com ainda mais ênfase na personalidade e autonomia do morador na hora de pensar e mudar o próprio décor.

Para inspiração, não faltam exemplos de perfis nas redes sociais dentro do movimento faça você mesmo (em inglês, a sigla DIY), que incentivam os seguidores a colocarem a mão na massa. Entre eles, estão o casal carioca Gabi Palhano e Lucas Diogo, à frente do Casinha da Port’azul, e a catarinense Karla Amadori, responsável pelo Diycore.

Ao Metrópoles, eles revelaram quais as melhores apostas para dar uma cara nova à casa.

Segundo Gabriela, é importante transmitir o que há dentro de si para as paredes. “É uma escolha bem pessoal, tem gente que não se incomoda com o básico ou acha que pode enjoar se colocar algo muito único. Sinto também que a maioria tem medo de que dê errado e que não consiga fazer mas, quando tenta, se surpreende e vê que não é um bicho de sete cabeças”, afirma.

Além de ajustes corriqueiros, como trocar a ordem dos móveis ou acrescentar objetos e plantas, existem outras maneiras de aumentar o astral do lar. De acordo com dados do Google Trends, na primeira semana deste mês, as buscas por ideias de decoração aumentaram mais de 40% em todo o Brasil.

“Agora, em 2021, as pessoas já pegaram o gostinho de cuidar da casa e de reformar, fazer melhorias. Talvez diminua um pouco, por causa do retorno à vida na rua. Ainda assim, o interesse em buscar informações sobre o assunto deve continuar”, ressalta Karla.

Veja algumas das propostas dos instagrammers:

Criatividade e muita cor

Em paredes, móveis ou quadros, aplicar uma nova cor pode dar uma nova cara ao visual. Gabriela pontua que é uma das formas mais práticas e simples de mudar a casa rapidamente. Com a tinta certa, uma playlist animada e um toque de inspiração, o lar pode ser transformado.

“No início da quarentena, a nossa casa não tinha nenhuma cor. Era tudo cinza e branco. Com a pandemia, em março, tudo mudou e vieram as cores e plantas. Hoje, já mudamos de novo. E é isso, enjoou ou não deu certo? Pinta novamente”, salienta a influenciadora.

Gabriela trabalha com moda, enquanto Lucas é jornalista. Juntos, eles comandam o perfil do Casinha da Port’Azul

Ela e Lucas moram em Lisboa, capital portuguesa, desde agosto de 2019. Antes, eles residiam na casa que deu origem ao nome do perfil na rede social, situada no Rio de Janeiro. “Era a nossa primeira casa e estávamos muito animados. O Lucas decidiu criar um perfil para compartilhar o desenvolvimento com os amigos e foi surgindo mais gente interessada”, conta. Atualmente, o perfil soma 50,4 mil seguidores.

No lar português, o casal carioca escolheu pintar o quarto e sala com tonalidades vivas e longe do óbvio. Gabriela apostou em círculos e arcos para dar ainda mais originalidade ao local. A vibe geométrica é um queridinho da decoração e fácil de reproduzir. Basta fazer desenhos circulares com o apoio de um compasso improvisado, com um prego, barbante e lápis. Desenhe o círculo ou arco que desejar e feche o buraco em seguida.

0

Segundo Karla, as tintas também são úteis caso a pessoa deseje mudar a disposição dos ambientes da casa. Ela explica que as tintas têm a capacidade de delimitar espaços, desde que utilizadas tonalidades diferentes e compatíveis com a proposta do ambiente.

Nas redes sociais, ela ensinou, para mais de 1 milhão de pessoas, como fazer a própria decoração. No YouTube, é uma das referências de DIY. São centenas de dicas de como mudar um cômodo com os móveis que você tem e, também, como fazer objetos de décor gastando pouco.

Papel contact

Útil para revestir os mais variados materiais, o papel contact pode trazer um charme a mais ao lar. Gabriela utilizou o que imita madeira para mudar o visual da estante de sua casa. “É muito prático e se juntar vários tons de madeira, o aspecto fica semelhante ao de móveis antigos e vintages”, afirma.

Uma outra função para o papel contact é o de decoração. Karla relembra que utilizou o material em paredes e no fundo de armários sem portas. “Dá um design extra ao móvel, porque não fica de uma cor só”, diz. “São muitas as coisas que podemos fazer com ele”.

0
Madeira e alguns pregos

A madeira também serve como material para a aposta da influenciadora e designer de interiores em 2021. Ela acredita que deve haver uma explosão na procura por móveis multifuncionais, principalmente em apartamentos e casas com pouco espaço disponível. “Os móveis precisam ser inteligentes e agregar funções”, elenca.

No YouTube, ela já mostrou como fazer alguns. Veja:

Últimas notícias