Quarentena: um guia para boa convivência entre pais e filhos

O Metrópoles reuniu dicas de como conseguir conciliar trabalho em casa com a atenção às crianças "sem tretas"

atualizado 20/03/2020 21:00

Mãe e filho brincandoStephen Lux/GETTYIMAGES

Os casos de coronavírus não param de aumentar. Com isso, muitas escolas fecharam as portas, afinal, a recomendação do Ministério da Saúde (OMS) é direta: evitar aglomerações. Nesse período de quarentena, quem tem filhos precisa pensar em como conciliar a rotina de trabalho com os cuidados com as crianças, que também estão em casa.

Para as famílias que vão transformar o lar em um verdadeiro coworking, Leonardo Lopes, gerente educacional da Luminova, orienta crianças e jovens a criarem, juntos, uma divisão e programação de tarefas.

“É preciso estimular a criatividade, habilidade que, na escola, é desenvolvida em diversas atividades. Em casa, é necessário deixar que as próprias ideias, vindas deles, sejam de fato realizadas nesse período”, declara.

O Metrópoles fez um guia, com relatos de especialistas na aérea da saúde, para orientar pais e filhos nesse momento de isolamento social. O período atual requer equilíbrio para dar conta de todos os compromissos pessoais e profissionais. É difícil, mas não impossível.

Pandemia: como contar 

Uma vez que a criança não entenda o que esteja acontecendo ao seu redor, a psicóloga Sirlene Ferreira aconselha explicar para o filho que esse período é necessário e passageiro. 

“Aborde seu filho da maneira maus lúdica possível, contando histórias sobre a importância da higiene. O fundamental é que o pequeno não seja exposto ao medo”, orienta a profissional.

Com a mobilização em todo o mundo, uma professora do jardim de infância dos Estados Unidos usou a criatividade ao ensinar os alunos a importância de lavar as mãos no combate ao coronavírus.

A cena mostra, de um lado um prato cheio de água com pimenta simulando a sujeira. No outro, um pote com água e sabão.

Após passar o dedo na água “contaminada” e, em seguida, limpa-lo no sabão, as crianças conseguiram visualizar de maneira lúdica como lavar as mãos é essencial.

Home office X Filhos

Patricia Santana, 41 anos, funcionária do Ministério da Saúde, viu sua rotina mudar de repente na semana passada. Mãe do pequeno Bento, de 4 anos, e de Mariah, 1 ano, a brasilense conta como está sendo equilibrar a rotina árdua de trabalho com as crianças em casa.

“Confesso que diariamente, sinto que não vou dá conta das minhas atividades pessoais e profissionais. Porém, a minha equipe está sendo muito solidária nesse período, assim, o trabalho acaba fluindo conforme as possibilidades “, declara.

O marido, Felipe Amaral, é autônomo e tem auxiliado nos serviços domésticos.

Família pousando para foto
Patricia e Felipe dividem as tarefas de casa

Sobre o momento atual, a funcionária explicou para Bento e Mariah tudo o que está acontecendo com muita clareza e uma linguagem compreensível. O primogênito apenas fica frustado em relação à diversão fora de casa.

“O Bento fala que esse momento vai passar e que voltará à vida normal”, conclui.

Vida equilibrada 

A psicóloga Sirlene Ferreira e a pediatra Pamella Demeciano listaram algumas dicas para os pais conseguirem manter a harmonia e garantir a qualidade de trabalho enquanto cuidam dos pequenos.

  • Faça acordos com seus filhos. Essas negociações podem ser revistas semanalmente, mas não deixe a rotina acontecer aleatoriamente. Essa hipótese pode soar egoísta;
  • Estabeleça uma rotina, revezando as atividades domésticas e as demandas dos filhos;
  • Não tercerize os cuidados para a tecnologia. Aproxime-se da criança, e peça ao seu filho que te ensine a brincadeira que ele mais gosta;
  • Elabore a lista dos afazeres do dia seguinte juntos. Se o seu filho já sabe escrever, peça para ele escrever essa lista;
  • Procure ajuda para as coisas compatíveis com a idade de seu filho. Eles vão se sentir úteis;
  •  Promova brincadeiras com desenho, mímica e que estimulem a higiene. 
Passar o tempo

Com a quarentena, as crianças ficam inquietas em casa e precisam gastar toda a energia acumulada. Recorrer a tecnologia é mais fácil e prático. Mas, porque não separar um tempinho do seu dia e apostar em uma brincadeira manual e criativa?

Veja algumas opções:

1. Fita adesiva e bola

2. Tambor de balão

3. Brincando com pregadores

A atividade tem como foco ensinar as crianças a identificarem as cores. Basta pegar pregadores, papel e lápis de cor e pedir que elas preguem o objeto na cor correta.

Pregadores e papel coloridos para distração
Pregador coloridos como distração para os pequenos

4. Massinha caseira

5. Pintura com algodão

Algodão e papel
Há várias maneiras de entreter a criança com o algodão

Últimas notícias