Brasiliense disputa reality de empreendedorismo Shark Tank, do Sony

Ex-festeira, a empresária está à frente de uma plataforma de negócios online, casas de festas e aposta em expansão de franquias

Foto: Giovanna Bembom/MetrópolesFoto: Giovanna Bembom/Metrópoles

atualizado 14/09/2018 13:14

A mistura de entretenimento e negócios é a essência do reality show Shark Tank Brasil — Negociando com Tubarões e também o que motiva a empresária brasiliense Mariana Ferola, 37 anos. Por isso, ela foi buscar visibilidade participando do programa, será exibido pelo canal Sony em novembro.

Foi com a proposta de uma brinquedoteca que Mari chamou atenção da produção. O reality é conhecido pelo incentivo ao empreendedorismo, onde os participantes apresentam suas ideias e se selecionados recebem verba dos investidores para dar continuidade ao negócio. O projeto focado no público infantil está em fase de expansão de franquias em shoppings para o Centro-oeste e Sudeste. Ela vislumbra a abertura de cinco unidades nos próximos oito meses.

“Topei o desafio e achei a experiência fantástica. O programa proporciona um ambiente de trocas valiosas entre empresas inovadoras e muitas startups”, conta. “Passei por uma sabatina diante dos jurados em que precisei apresentar meu produto e revelar dados do negócio. Eles deram dicas incríveis e inclusive já estou implementando algumas no meu business”, revela.

Reprodução
A brinquedoteca Zunia

 

Empreendendo em Brasília
Formada em relações internacionais e pós-graduada em ciência política e direito ambiental, Mari atuou na Câmara Americana de Comércio e no Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior até optar pelo empreendedorismo. “Em todas os campos em que trabalhei, seja na área governamental seja na empresarial, ficava ligada ao ramo de eventos e investia em networking. Sempre tive muita facilidade em lidar com pessoas”, afirma. Ela chegou a estudar para concursos públicos, mas não seguiu no projeto por falta de identificação.

Foi através da maternidade e do sufoco de se ver organizando a festa de um ano do primeiro filho que Mari se aproximou do universo de decoração infantil. “Me apaixonei e resolvi usar minha bagagem empresarial e de eventos para focar nisso”, lembra. O primeiro espaço da empresa foi inaugurado em 2009, no Jardim Botânico e tinha 30m². Em três meses abriu uma loja de 250m². O Villi Vanila, espaço de 400 m², localizado na Asa Sul, foi aberto em 2014 e chega a sediar até seis eventos por fim de semana.

Inquieta, Ferola decidiu investir em outro segmento no ramo de festas, e há sete meses lançou, em parceria com o marido e sócio Marcelo Ferola, o Zunia Brinquedoteca e Festas. O espaço de 500 m², localizado dentro de um shopping em Águas Claras, tem ambiente familiar, serviço diário e de bufê e capacidade para atender até dois eventos simultâneos, além de oferecer atividades roteirizadas como: arvorismo, estúdio de gravação youtuber, cama elástica, chef kids, espaço games e oficina de artes. Foi essa proposta que ela levou para o Shark Tank.

Mariana, como a maioria dos empreendedores que começa com pouco e vê crescimento, não pensa em parar. Com o suporte de um grupo de investidores-anjo, ela se prepara para lançar mais um produto, uma plataforma online de formação e informação para quem quer seguir seus passos e empreender no ramo de eventos. Batizado de Negócio em Festa, o projeto reunirá dicas, e-Books de formação em empreendedorismo em festas, lista de fornecedores, planilhas de custos, dentre outros produtos do ramo.

Uma boa dica para quem quer empreender? “É importante alinhar conhecimento e técnica com equilíbrio emocional para quando a oportunidade chegar, a pessoa estar preparada para entrar com tudo e empreender. Sempre digo pra mim mesma que não precisa ter medo de fracassar e persistir”.

Últimas notícias