Terapia promete aliviar dores crônicas com reajuste na coluna cervical

Método AtlasPROfilax, desenvolvido na Suíça e disponível em Brasília, pretende melhorar incômodos ao manipular a primeira vértebra

atualizado 27/02/2018 13:28

Dor de cabeça incessante, má postura, problemas nas costas, cansaço, insônia, falta de memória, dificuldade na aprendizagem, movimentos limitados dos membros, etc. Essas sensações ruins parecem ter causas diversas, mas podem ter a mesma origem e, por isso, tratamentos semelhantes.

Exatamente no ponto de encontro entre a coluna cervical e o crânio, está localizada a primeira vértebra, chamada Atlas. Quando essas duas partes estão bem alinhadas, a coluna vertebral, suas estruturas e membros tendem a funcionar de forma harmônica.

Entretanto, quando essa dupla está desalinhada, ela pode causar uma leve compressão das artérias vertebrais, dificultando a irrigação de parte do cérebro. O desajuste é responsável, em parte, pelos sintomas citados, como dores de cabeça e nas costas.

iStock
Atlas é a primeira vértebra da coluna cervical humana

 

Tratamento
Entre 1993 e 1996, o suíço René-Claudius Shümperli desenvolveu um método chamado AtlasPROfilax. A terapia consiste em massagear a musculatura da nuca para diminuir as contraturas existentes e, consequentemente, realinhar a vértebra Atlas de forma natural.

A técnica é realizada em uma única sessão, seguida por acompanhamento de dois meses ou mais. “O tratamento é uma terapia natural não invasiva, sem uso de medicamento e livre de trações ou manipulações bruscas no pescoço”, afirma a fisioterapeuta Luana Morais. A especialista é um dos três profissionais habilitados em Brasília para realizar o procedimento.

O objetivo é melhorar a qualidade de vida das pessoas. De maneira nenhuma irá substituir ou interferir em outros procedimentos. O resultado de tratamentos como fisioterapia, pilates, osteopatia, quiropraxia, massagens, acupuntura e outros geralmente são mais efetivos após a realização do AtlasPROfilax.

Luana Morais, fisioterapeuta
iStock
O AtlasPROfilax maximiza os efeitos de outros tratamentos, como massagem e acupuntura

 

Causas
Entre as consequências do desalinhamento da primeira vértebra estão os partos difíceis (com a utilização de fórceps ou ventosas, por exemplo), traumas moderados na região craniomandibular e acidentes que geraram a síndrome do chicote – movimento brusco da cabeça e do pescoço.

iStock
Efeito chicote é frequente em acidentes de carro

 

» Atlas alinhada ao crânio

Divulgação
Vértebra corretamente ajustada

 

– Corpo apresenta postura mais ereta
– Mais equilíbrio das forças musculares
– Melhor gasto energético
– Liberdade funcional

 

» Atlas desalinhada ao crânio

Divulgação
Vértebra desalinhada

 

– Pode causar dor de cabeça severa e/ou crônica
– Fadiga corporal
– Transtorno do sono
– Dificuldade de equilíbrio
– Falta de memória
– Baixa aprendizagem
– Efeito negativo na musculatura
– Alteração na biomecânica corporal, evoluindo para problemas posturais, além de hipercifoses, escolioses e hiperlordoses
– Ao longo do tempo, gera sobrecarga e lesões, como hérnias de disco e bursites

 

Divulgação
Atlas auxilia na manutenção do equilíbrio


» Contra indicações ao método

– Cirurgias feitas há três meses na região da cabeça ou do pescoço, incluindo dentárias, oftalmológicas, de ouvido e nariz
– Gravidez
– Pessoas que fizeram tratamento contra o câncer há pelo menos três anos
– Hemofílicos
– Algumas síndromes raras
Divulgação
Comparativo antes e depois do AtlasPROfilax

Fisioterapeutas habilitados em Brasília para o método AtlasPROfilax:
Luana Morais – (61) 98165-9883
Leandra Reis – (61) 99116-7109
Carlos Magno – (61) 99907-2510

Mais lidas
Últimas notícias