Ministério da Saúde lança número de WhatsApp para combater Fake News

O objetivo da iniciativa é oferecer um canal fácil de verificação à população que recebe correntes

iStock

atualizado 27/08/2018 12:40

Um dos assuntos mais suscetíveis à disseminação das fake news é a saúde: é muito comum receber correntes sem qualquer embasamento, tratamentos milagrosos ou informações desencontradas. Para combater as notícias falsas, o Ministério da Saúde lançou, nesta segunda (27/8), um canal no WhatsApp para sanar as dúvidas da população.

Criado especificamente para verificar textos ou imagens que circulam nas redes sociais, o Saúde Sem Fake News — (61) 99289-4640 — checará com profissionais do Ministério a veracidade das informações e responderá com um carimbo de fake news ou verdade para que se compartilhe a imagem verificada. As notícias ficarão disponíveis em uma página especial do site da Pasta.

“As notícias falsas, ou Fake News como estão sendo mais conhecidas, são uma praga da modernidade. Vem sendo usadas de toda forma para manipular, enganar, iludir, prejudicar. No caso da saúde, é muito mais grave, porque a notícia falsa mata”, afirma, em nota, o diretor de Comunicação Social do Ministério da Saúde, Ugo Braga. O número já está funcionando e, no site, há dois exemplos de informações verificadas para que se entenda o modelo.

“É um canal aberto a toda a população. A ideia é que a pessoa receba e já encaminhe a mensagem, imagem ou vídeo para o número do Ministério, para que a gente consiga validar ou não. Ela vai receber, em seguida, a resposta com um carimbo e a informação correta”, explica Ana Miguel, coordenadora do núcleo multimídia do Ministério da Saúde. “O WhatsApp é um dos principais veículos de divulgação dessas notícias e, ao contrário das redes sociais, não é possível monitorá-lo”, conta.

Ela afirma ainda que o canal não foi feito para sanar dúvidas gerais da população ou receber denúncias. É dedicado exclusivamente para o combate de Fake News.

Últimas notícias