Correr e pedalar ajuda a minimizar dores das cólicas menstruais

Pesquisa com 14 mil mulheres comprovou que o exercício ajuda a diminuir os incômodos

atualizado 24/01/2020 13:23

Divulgação

Sofre com as cólicas menstruais e já tentou de tudo para aplacar a dor? Talvez a solução seja mais simples do que se imagina. Um estudo realizado pela St. Mary’s University, no Reino Unido, comprovou que 78% das mulheres que realizam atividades físicas sentem menos sintomas, se comparadas a quem não se movimenta.

Foram analisadas respostas de mais de 14 mil usuárias, duas mil delas do Brasil. Entre os esportes com mais resultado, estão a corrida e o ciclismo.

Mais que diminuir a pressão em regiões como o abdômen, costas e pernas, movimentar-se também libera hormônios de bem-estar, como a serotonina, e acaba com a fadiga, dando mais disposição.

Veja outras dicas para diminuir os efeitos das cólicas:

– Prevenção: a ingestão de sementes de abóbora, que são ricas em magnésio, diminui a contração muscular e a dor. A indicação é comer 50 g de sementes por 10 dias antes da menstruação;

– Alimentos certos: evite o consumo de álcool e alimentos com cafeína, como café, chás, refrigerantes e chocolates. Uma alimentação equilibrada sem excesso e itens gordurosos ajuda a evitar a retenção de líquido e o inchaço. Soja, banana, beterraba, aveia, tofu, couve, abobrinha, salmão, atum e castanha-do-pará são recomendados porque possuem poder anti-inflamatório;

– Beba chás: o de canela age como analgésico, os de hortelã e erva-cidreira têm propriedades calmantes que contribuem para o bem-estar;

– Faça massagens relaxantes: durante o período de menstruação, é natural sentir-se cansada e sem ânimo. Procure deitar com a barriga para baixo, apoiada em um travesseiro, comprimindo-a. Isso já ameniza as dores e pode garantir uma boa noite de sono nos dias de cólica menstrual.

Mais lidas
Últimas notícias