Wuhan fecha hospital de emergência para vítimas do coronavírus

Construção foi erguida em tempo recorde, e será desmontada devido à redução de casos novos

Getty Images

atualizado 16/03/2020 11:07

Com a notícia de que os casos novos de coronavírus estão diminuindo acentuadamente, o governo da cidade de Wuhan, na China, decidiu fechar o primeiro hospital de emergência criado para combater a doença. A informação foi divulgada pela emissora estatal CCTV nesta segunda (02/03). 15 outros hospitais criados com a mesma finalidade continuam funcionando.

A cidade de 11 milhões de habitantes foi a mais atingida pelo coronavírus, e há suspeitas que a epidemia tenha se iniciado a partir de um mercado de peixes de Wuhan. O último domingo (01/03) registrou a primeira vez desde o início da epidemia que Wuhan registrou menos de 200 novos casos em um dia — foram 196.

“A tendência de aumento rápido de casos do vírus em Wuhan foi controlada. Os surtos em Hubei nos arredores de Wuhan estão contidos, e províncias nos arredores de Hubei estão mostrando uma tendência positiva”, afirmou Mi Fang, porta-voz da Comissão Nacional de Saúde da China.

Últimas notícias