Variante da Covid-19 encontrada no Reino Unido eleva mortalidade, diz OMS

Maria Van Kerkhove, da agência internacional, disse que as cepas do Brasil e da África do Sul não devem mudar o curso da pandemia

atualizado 27/01/2021 15:23

coronavírus covid sars-cov-2Freepik/Reprodução

A epidemiologista responsável pela resposta da Organização Mundial da Saúde (OMS) à pandemia de Covid-19, Maria Van Kerkhove, afirmou nesta quarta-feira (27/1) que a nova variante do coronavírus identificada no Reino Unido parece elevar a mortalidade da doença. No entanto, ela destacou que os dados ainda são preliminares e novas pesquisas científicas são necessárias para confirmá-los.

Na sexta-feira (22/1), Van Kerkhove havia informado que os dados disponíveis até aquele momento não indicavam que a nova variante do vírus provocava mais mortes.

A epidemiologista afirmou ainda que as cepas encontradas no Brasil e na África do Sul não devem mudar o curso da pandemia. A médica da OMS frisou que não há sinais de que as variantes prejudiquem os programas de vacinação realizados com as vacinas que já estão aprovadas.

0