Reino Unido fecha escolas e volta ao lockdown após nova cepa do coronavírus

Decisão de Boris Johnson acontece no mesmo dia em que a vacina da AstraZeneca/Oxford contra a Covid-19 começou a ser aplicada

atualizado 04/01/2021 18:10

O primeiro-ministro do Reino UnidoMatt Cardy/Getty Images

O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, impôs novo lockdown nesta segunda-feira (4/1) por conta da nova variante do coronavírus, que tem causado um aumento significativo de casos na Inglaterra.

Segundo o jornal The New York Times, Johnson ordenou que escolas e faculdades na Inglaterra fechassem suas portas e mudassem para o ensino remoto. Além disso, ele também pediu aos britânicos que fiquem em casa para todos os fins, exceto fundamentais, incluindo trabalho essencial e compra de alimentos e remédios.

A decisão do primeiro-ministro ocorre em meio à chegada da vacina contra o coronavírus ao país. O Reino Unido iniciou campanha de imunização nesta segunda, com a vacina desenvolvida pela Universidade de Oxford em parceria com a farmacêutica AstraZeneca.

Brian Pinker, de 82 anos, foi o primeiro a receber o imunizante, em um hospital da própria Universidade de Oxford, perto de onde a vacina foi desenvolvida.

“Outras medidas devem agora ser tomadas para deter esse aumento, proteger o Serviço Nacional de Saúde e salvar vidas”, anunciou o escritório de Johnson, em comunicado, segundo a reportagem.

Últimas notícias