Vacina Coronavac funciona em crianças e adolescentes, diz laboratório

Testes iniciais feitos com 500 indivíduos com idades entre 3 e 17 anos mostraram eficácia do imunizante para combater a Covid-19

atualizado 22/03/2021 18:13

criança sendo vacinadaistock

A Sinovac Biotech, farmacêutica criadora da Coronavac anunciou, nesta segunda-feira (22/3), que a vacina contra o coronavírus da empresa provocou reações imunológicas em crianças e adolescentes.

Os testes, ainda iniciais, foram feitos com mais de 500 crianças e adolescentes entre 3 e 17 anos. Metade deles recebeu placebo e a outra metade, duas doses médias ou baixas da vacina. A resposta imunológica encontrada pelos pesquisadores foi maior do que a documentada entre adultos de 18 a 59 anos e em idosos.

Em crianças de até 11 anos, a dose menor foi suficiente para despertar a produção de anticorpos. Já entre os participantes de 12 a 17 anos, o melhor resultado foi encontrado com uma dosagem média.

O estudo ainda não foi publicado em revista científica, ou seja, não foi revisado por pares para apontar inconsistências. Zeng Gang, pesquisador da Sinovac, afirma que a maioria das reações adversas foram leves, mas que duas crianças que receberam a vacina tiveram febre alta.

Saiba como as vacinas contra Covid-19 funcionam:

0

Últimas notícias