Testes da vacina contra Covid-19 no DF devem incluir 850 voluntários

Todos serão profissionais de saúde que ainda não foram contaminados. Ainda não há data para o começo das aplicações

atualizado 10/07/2020 19:28

vacina sendo fabricada em laboratórioThisisEngineering RAEng/Unsplash

A vacina Coronavac, feita pela empresa chinesa Sinovac Biotech contra o coronavírus, deve ser testada em cerca de 850 pessoas no Distrito Federal. De acordo com a Universidade de Brasília (UnB), que organiza o estudo clínico na capital federal, os participantes serão profissionais de saúde voluntários, que não tenham sido contaminados com o vírus.

Ainda não há data para início dos testes, e o projeto está em fase de estruturação. O Instituto Butantan coordena o estudo em todo o Brasil, e participa da organização no DF. Serão aplicadas duas doses, com intervalo de 14 dias. Mais informações sobre os critérios de participação serão divulgados pela UnB em breve.

Segundo o professor Gustavo Romero, pesquisador do Núcleo de Medicina Tropical e coordenador do estudo em Brasília, a perspectiva é bastante positiva. “No momento, estamos trabalhando para viabilizar questões técnicas e científicas. Não descansaremos até termos o primeiro paciente vacinado”, afirma.

0

Últimas notícias