Spray nasal à base de pimenta é eficiente contra rinite, diz pesquisa

Pacientes com congestão nasal provocada por rinite não alérgica obtiveram resultados consistentes após usar o medicamento

atualizado 23/02/2021 19:02

pimenta malaguetaKarolina Grabowska/Pexels

Uma pesquisa conduzida pela Universidade do Texas, nos Estados Unidos, descobriu que o componente capsaicina, presente na pimenta, pode ajudar a diminuir os sintomas da rinite não alérgica e da congestão nasal.

Os testes com o spray nasal feito com a substância demonstraram que o produto foi capaz de eliminar os sintomas em cerca de 40% dos participantes após 12 semanas de uso. Os dados foram publicados na revista científica International Forum of Allergy & Rhinology.

O estudo foi feito com 22 pacientes. Metade deles recebeu o spray de pimenta para esguichar em cada narina cinco vezes, com intervalos de uma hora entre os tratamentos. O restante aplicou um spray placebo, feito de água — ou seja, sem eficácia. Os participantes repetiram as aplicações ao longo de quatro semanas e refizeram o processo depois de oito semanas.

Para medir se os sintomas estavam diminuindo, os pesquisadores utilizaram um sistema de pontuação em que 25 pontos representavam os piores sintomas e zero nenhum sintoma. Entre os voluntários que fizeram uso do spray de pimenta, houve uma queda de cinco pontos na escala média após quatro semanas. Em contrapartida, as pontuações médias no grupo do placebo aumentaram dois pontos.

Ao fim dos testes, a redução dos sintomas em 40% do grupo que utilizou o spray à base de pimenta foi tão significativa que estes pacientes não eram mais classificados como tendo a rinite não alérgica.

Antioxidante e anti-inflamatória
A capsaicina é um composto com propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias presente especialmente nas pimentas vermelhas e picantes. A substância é a causa da ardência característica do ingrediente.

De acordo com a pesquisa, os tratamentos atuais da rinite não alérgica podem incluir sprays esteroides, que ajudam a diminuir a inflamação nas vias nasais. O problema é que o uso prolongado deste tipo de medicamento pode aumentar efeitos colaterais, como aumento do apetite e alterações de humor.

A rinite não alérgica é uma inflamação da mucosa nasal que não é causada por alguma alergia prévia. Segundo definição da Sociedade Brasileira de Medicina de Família e Comunidade (SBMFM), os principais sintomas são espirros, coriza, coceira em nariz e olhos, nariz entupido, falta de ar ou respiração sibilante.

Os sintomas podem piorar em situações em que ocorrem o uso do aspirador de pó, ao fazer a cama ou com o contato com animais. Agentes infecciosos, irritantes, ar frio, medicamentos, exercícios físicos, alimentação e fatores hormonais também estão entre as causas do problema.

Últimas notícias