Sem acordo, Saúde cancela divulgação de cartilha para fim da quarentena

De acordo com a pasta, ainda não há consenso com secretários de saúde sobre as diretrizes preparadas pela equipe técnica

atualizado 13/05/2020 19:01

Nelson TeichIgo Estrela/Metrópoles

O Ministério da Saúde cancelou a divulgação das diretrizes para flexibilização da quarentena que estava prevista para a tarde desta quarta-feira (13/05). De acordo com o ministério, a pasta ainda não chegou há um consenso com os secretários de saúde de estados e municípios sobre os critérios técnicos que devem ser seguidos para avaliar a situação de cada localidade.

O assunto, entretanto, vem sendo debatido desde sábado (09/05), com representantes do Conass (Conselho Nacional de Secretários de Saúde) e do Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems).

O ministro Nelson Teich, na última segunda-feira (11/05), chegou a apresentar os parâmetros que devem ser levados em conta para que as cidades deixem o isolamento. São eles: capacidade hospitalar instalada da localidade, quadro epidemiológico, velocidade de crescimento da epidemia e adesão ao isolamento social. Ainda não há uma nova data para que a divulgação das medidas seja feita.

A expectativa sobre as diretrizes é grande, pois as divergências em relação ao distanciamento social levaram o presidente Jair Bolsonaro a um embate público com o ministro anterior, Luiz Henrique Mandetta, e tem provocado intenso desgaste entre o executivo federal e os governadores.

Últimas notícias