Portugal volta a exigir máscara e passaporte de vacina contra Covid

Crescimento de casos na Europa fez país anunciar retomada de medidas de restrição nesta quinta-feira

atualizado 25/11/2021 16:06

Horacio Villalobos#Corbis/Corbis via Getty Images

O governo de Portugal anunciou, nesta quinta-feira (25/11), a retomada das medidas de restrição para conter o aumento de casos de Covid-19. O uso da máscaras voltará a ser exigido em locais fechados.

O primeiro-ministro português António Costa, informou que o país passará do estado de alerta para estado de calamidade em 1º de dezembro.

O país possui uma das maiores taxas de imunização da Europa com 86,6% da população completamente vacinada, de acordo com o monitoramento Our World In Data, ligado à Universidade de Oxford.

Veja quais são os sintomas mais frequentes de Covid-19:

0

 

Além do uso de máscaras, o passaporte da vacina passa a ser exigido para que as pessoas possam frequentar locais que reúnem pessoas, como bares, hotéis, restaurantes e academias de ginástica. A comprovação da imunização também será necessária em grandes eventos, lares de idosos e casas noturnas.

Todos os passageiros que desembarcarem nos aeroportos do país terão que apresentar um teste de Covid-19 recente com resultado negativo.

“Será obrigatório a todos os voos que cheguem a Portugal, seja qual for o ponto de origem e a nacionalidade do passageiro. É um ato de profunda irresponsabilidade desembarcar pessoas não testadas”, afirmou Costa.

(Com informações da Agência Reuters)

Mais lidas
Últimas notícias