Pesquisa mostra que 88% dos brasileiros tomariam vacina da Covid-19 hoje

Brasil fica em segundo lugar em comparação com outros 26 países quando se fala de predisposição a ser imunizado

atualizado 15/09/2020 18:16

seringa de vacinaScience Photo Library/GettyImages

De acordo com uma pesquisa do Instituto Ipsos feita para o Fórum Econômico Mundial com 27 países, o Brasil fica em segundo lugar em predisposição a tomar a vacina contra a Covid-19. Se estivesse disponível hoje, 88% da população iria se imunizar. Apenas a China ultrapassa o país — lá 97% das pessoas tomaria a vacina.

Entre os brasileiros que não se imunizariam, 63% alega preocupação com efeitos colaterais, 21% não acredita que a fórmula seja eficaz, 10% acha que não corre risco de ser contaminado, 7% são contra vacinas, 2% alegam falta de tempo e 18%, outras razões.

Cerca de 20 mil pessoas dos 27 países, e os participantes têm entre 16 e 74 anos. Do outro lado do ranking, Rússia (53%) e Polônia (55%) são as nações onde menos pessoas se imunizaria contra a Covid-19.

0

Últimas notícias