Palestra gratuita explica causas da endometriose e da infertilidade

Evento acontece nesta quarta-feira (14/08). Roda de conversa com especialistas da área discutirá parâmetros e soluções para os problemas

DivulgaçãoDivulgação

atualizado 13/08/2019 19:40

De acordo com dados do Ministério da Saúde, cerca de 15% da população brasileira têm problemas reprodutivos. A endometriose atinge mais de 7 milhões de mulheres no país, segundo a Associação Brasileira de Endometriose (ABE). A doença provoca dores, sangramentos e, em pelo menos 30% dos casos, infertilidade. Para tratar desses e de outros temas relacionados, especialistas se reunirão para uma roda de conversa nesta quarta-feira (14/08/2019), no anfiteatro da clínica de Reprodução Humana FertilCare, localizada no SGAS 915, Edifício Advance I, na Asa Sul. A entrada é gratuita.

Os médicos esclarecerão dúvidas dos participantes sobre causas, sintomas, tratamentos e outras novidades sobre endometriose e infertilidade. Para cada pessoa presente no evento, a clínica realizará a doação de 1 kg de alimento não perecível para a creche São José Operário, na Cidade Estrutural, que atende cerca de 120 crianças.

De acordo com Frederico Corrêa, ginecologista e especialista em endometriose da clínica FertilCare, a infertilidade conjugal afeta 10% dos casais ao redor do mundo. Uma das principais causas do problema seria a endometriose. “Entretanto, a maioria das pessoas não têm conhecimento sobre as formas de investigação e os avanços nos tratamentos da infertilidade”, alerta o médico.

Segundo a ABE, a endometriose é uma importante doença ginecológica caracterizada pela presença de tecido semelhante ao endométrio fora do útero, ou seja, em qualquer outro lugar do corpo. O endométrio é a camada de tecido composto por glândulas e estroma, que recobre internamente a cavidade do útero, sendo responsável pela menstruação quando descama ao final de um ciclo menstrual.

Ainda de acordo com a ABE, a associação de endometriose e infertilidade já é observada há muitos anos. Mulheres com a doença têm uma taxa de fecundidade (chance de engravidar por mês de exposição) bem menor que mulheres sem endometriose.

Serviço
Roda de conversa sobre endometriose e infertilidade
Quando: 14 de agosto
Horário: 19h
Gratuito
Inscrições pelo site www.fertilcare.com.br ou pelos telefones (61) 3248-0101 e (61) 99867-6342

Últimas notícias