OMS retira cloroquina da lista de testes em pacientes com Covid-19

A decisão de remover o medicamento da lista de opções de tratamento em estudo foi informada na página do projeto Solidariedade

atualizado 27/05/2020 12:37

remedio medicamento saude comprimido alopadaHugo Barreto/Metrópoles

Depois de anunciar a suspensão temporária dos testes com cloroquina e hidroxicloroquina em pacientes diagnosticados com a Covid-19, na última segunda-feira (25/05), a cloroquina foi removida da lista da Organização Mundial da Saúde (OMS) como uma opção de tratamento em estudo.

A página do projeto Solidariedade (iniciativa internacional para buscar um tratamento para a Covid-19) lista agora o remdesivir, lopinavir/ ritonavir, lopinavir/ ritonavir com interferão beta-1a, e a hidroxicloroquina como opções de tratamento avaliadas pela entidade com base em evidências de estudos laboratoriais, animais e clínicos.

No caso da hidroxicloroquina, a OMS fez uma ressalva com um asterisco, explicando a nova diretriz: “De acordo com o protocolo inicial do teste, a cloroquina e a hidroxicloroquina foram selecionadas como possíveis drogas a serem testadas no estudo de Solidariedade. No entanto, o julgamento só foi realizado com a hidroxicloroquina; portanto, a cloroquina foi removida desta página como uma opção de tratamento listada em estudo”.

A decisão veio após a publicação de uma pesquisa com 96 mil pacientes da Covid-19, publicada na revista The Lancet. O levantamento mostrou ineficiência no uso dos dois medicamentos e indicou um aumento no risco de morte por problemas cardíacos, como a arritmia. A OMS não detalhou porque, ao contrário do anúncio feito anteriormente, a hidroxicloroquina continuará a ser testada.

0

Últimas notícias