Nova variante do coronavírus já foi encontrada em 30 países

Estudos mostram que o vírus encontrado pela primeira vez na Inglaterra se tornou até 74% mais transmissível do que as primeiras cepas

atualizado 06/01/2021 14:37

coronavírus covid sars-cov-2Freepik/Reprodução

Ao menos 30 países já confirmaram casos locais de infectados pela variante britânica do Sars-CoV-2, registrada pela primeira vez em Londres, em setembro. A maioria dos pacientes foi diagnosticada após retornar de viagens do Reino Unido. O Brasil confirmou os dois primeiros casos na segunda-feira (4/1).

A nova cepa se liga com mais facilidade com as células humanas, o que a torna entre 50% a 74% mais contagiosa do que as primeiras. No entanto, não há a confirmação de que ela torne a doença mais grave.

Preocupados com a entrada de novos viajantes infectados com a nova cepa britânica, países como o Canadá, Argentina, Chile, Colômbia e Turquia proibiram em dezembro o desembarque de voos com origem no Reino Unido. França e a Irlanda restringiram os voos por um período.

De acordo com a agência Reuters, há casos foram confirmados na Alemanha (1), Austrália (2), Áustria (4), Brasil (2), Canadá (2), Chile (2), Chipre (12), Coreia do Sul (3), Emirados Árabes Unidos (“número limitado”), Estados Unidos (4), Finlândia (2), França (12), Grécia (4), Índia (38), Irã (1), Israel (4), Itália (1), Japão (mais de 12), Jordânia (2), Líbano (1), Noruega (23), Omã (1), Paquistão (não informado), Portugal (não informado) , Singapura (1), Suécia (1), Suíça (28), Taiwan (1), Turquia (15), Vietnã (1).

0

 

 

Últimas notícias