Frio aumentou a preguiça? Saiba como despertar o corpo sem sofrimento

Os primeiros minutos após despertar são essenciais para estimular o corpo para um dia mais produtivo. Veja como fazer isso

atualizado 17/05/2022 17:26

mulher coberta com manta em casaGetty Images

Uma frente fria vai derrubar a temperatura na maior parte dos estados brasileiros nos próximos dias. Com as manhãs geladas e nubladas, vai ficar um pouco mais difícil deixar o aconchego da cama e começar o dia, e há uma explicação fisiológica para isso.

De acordo com o pneumologista e médico do sono, Sérgio Pontes Prado, o corpo responde a estímulos externos, como luz e temperatura ambiente.

O grau de luminosidade está relacionado ao estado de vigília. Ou seja, quando o dia está nublado, o organismo é menos estimulado a liberar substâncias e hormônios relacionados à atenção, concentração e disposição. O mesmo ocorre nos dias mais frios. Quanto menor é a temperatura, maior é a liberação de melatonina – hormônio que estimula o sono.

É por isso que nos dias frios e nublados, temos menos vontade de nos movimentar, o que leva à redução da prática de exercícios físicos, outro importante estimulante para um dia produtivo.

“A baixa luminosidade e a queda da temperatura favorecem a produção de melatonina e diminuem a liberação de substâncias, hormônios e proteínas ligados diretamente ao estado de vigília”, conta Prado.

Veja seis dicas para despertar o corpo nas manhãs de frio:

  • Abra as cortinas para receber a luminosidade natural;
  • Deixe as janelas abertas para deixar a casa arejada;
  • Lave o rosto com água fria;
  • Tome um banho idealmente com água com temperatura de morna para fria;
  • Inclua estimulantes com cafeína no café da manhã;
  • Pratique uma atividade física pela manhã.

Higiene do sono

O médico acrescenta que, independentemente da estação, a qualidade do sono influencia muito na disposição durante a manhã seguinte. “A gente fala muito em quantidade, mas a qualidade é muito importante”, afirma.

É fundamental ter um sono reparador, que promova o estado de vigília adequado para executar as atividades habituais no outro dia sem desconforto. Estresse, doença e sono de má qualidade influenciam diretamente em como dormimos e acordamos no dia seguinte.

As características do ambiente também são importantes para garantir um descanso de qualidade, por isso é importante cuidar do conforto do local de descanso, evitar alimentos estimulantes na última refeição e dispensar o uso de eletrônicos.

Publicidade do parceiro Metrópoles 1
Publicidade do parceiro Metrópoles 2
Publicidade do parceiro Metrópoles 3
Publicidade do parceiro Metrópoles 4
Publicidade do parceiro Metrópoles 5
Publicidade do parceiro Metrópoles 6
0

Receba notícias do Metrópoles no seu Telegram e fique por dentro de tudo! Basta acessar o canal: https://t.me/metropolesurgente.

Mais lidas
Últimas notícias