Flexibilização: na Inglaterra, quem mora sozinho vai poder visitar família

País está começando a diminuir o isolamento social e lançou medida para atenuar os efeitos da quarentena na saúde mental da população

atualizado 10/06/2020 18:37

homem de máscara olhando pela janelaJustin Paget/GettyImages

O Reino Unido — 2º país  com mais mortes causadas pelo coronavírus — está começando a flexibilizar a quarentena, depois de perceber uma diminuição acentuada no número de casos novos. O primeiro-ministro Boris Johnson anunciou, nesta quarta-feira (10/06), que pessoas que moram sozinhas ou com filhos menores de 18 anos podem visitar a casa de um de seus familiares.

A ideia é criar uma bolha de apoio para cuidar da saúde mental da população, aliviando a solidão de quem mora só e está em casa há 12 semanas. A medida passa a valer no próximo sábado (13/06).

As pessoas que se encaixam na categoria poderão agir como se morassem na mesma casa de outra pessoa, dispensando o uso de máscara e distanciamento social, uma vez dentro do lar. Não será permitido visitar várias pessoas — as pessoas da bolha só podem interagir com elas mesmas.

Publicidade do parceiro Metrópoles 1
Publicidade do parceiro Metrópoles 2
Publicidade do parceiro Metrópoles 3
0

Mais lidas
Últimas notícias