metropoles.com

Farmacêuticas não pretendem vender vacina contra Covid-19 a preço de custo

Em audiência no congresso americano, Moderna, Pfizer e MSD avisaram que ainda não há acordos sobre valor-teto das imunizações

atualizado

Compartilhar notícia

FOTO ILUSTRATIVA
injecting injection vaccine vaccination medicine flu woman docto
1 de 1 injecting injection vaccine vaccination medicine flu woman docto - Foto: FOTO ILUSTRATIVA

Tês importantes laboratórios farmacêuticos informaram na terça-feira (21/7), em audiência no Congresso dos Estados Unidos, que não pretendem vender as vacinas contra a Covid-19 que estão sendo desenvolvidas por elas a preço de custo.

Mesmo tendo recebido investimentos milionários do governo norte-americano e de outros países, os acordos firmados pela Moderna, a Pfizer e a Merck Sharp & Dohme (MSD) não estabelecem o preço máximo para comercialização das doses dos respectivos métodos de imunização.

A Moderna afirmou não ter contrato de fornecimento das vacinas para o governo do Estados Unidos sem lucro, apesar de ter recebido subsídios de 483 milhões do país. A MSD disse que o laboratório também ainda não negociou entregas para os EUA.

A Pfizer, por sua vez, informou que estabelecerá um valor considerando o cenário de emergência global causado pela pandemia do novo coronavírus. A farmacêutica recebeu nessa terça-feira a autorização da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para inciar testes clínicos de duas vacinas no Brasil, com mil voluntários recrutados nos estados de São Paulo e da Bahia.

A Johnson & Johnson e a AstraZeneca – parceira da Universidade de Oxford – concordaram em vender suas vacinas sem lucro, inicialmente. (Com informações de O Globo)

0

Compartilhar notícia

Quais assuntos você deseja receber?

sino

Parece que seu browser não está permitindo notificações. Siga os passos a baixo para habilitá-las:

1.

sino

Mais opções no Google Chrome

2.

sino

Configurações

3.

Configurações do site

4.

sino

Notificações

5.

sino

Os sites podem pedir para enviar notificações

metropoles.comSaúde

Você quer ficar por dentro das notícias de saúde mais importantes e receber notificações em tempo real?

Notificações