Excesso de açúcar causa desequilíbrio no pH da vagina

Alimentação ruim e consumo exagerado de alguns produtos são fatores que ajudam na proliferação de fungos no organismo

Suwannar Kawila / EyeEm, Getty ImagesSuwannar Kawila / EyeEm, Getty Images

atualizado 18/02/2019 23:43

O excesso de açúcar faz mal para saúde. Isso todo mundo sabe. O que poucas pessoas sabem, no entanto, é que o consumo exagerado pode fazer mal também para a saúde íntima da mulher. O açúcar é responsável por alterar o pH da vagina, deixando-a mais suscetível a infecções, especialmente à candidíase.

Culpa do fungo Candida albicans, de longe a principal causa de infecção vaginal. Assim como outras bactérias boas e ruins, ele já habita o organismo feminino, mas em equilíbrio. Em geral, o fungo é inofensivo até encontrar duas condições ótimas para se reproduzir: calor e resistência baixa. Ou seja, pessoas com imunidade mais baixa têm tendência a desenvolver infecções de forma recorrente.

Segundo a nutricionista Fernanda Vargas, o açúcar é um dos principais alimentos para os fungos, o que favorece sua proliferação. “O excesso de açúcar pode alterar a urina, diminuindo a sobrevivência das bactérias boas”, comenta a especialista.

Para que a microbiota se fortaleça, uma intervenção alimentar é importante, como restringir por um período o consumo de doces, balas, mel e produtos industrializados, bem como refrigerantes, chás adoçados e sucos. A Organização Mundial de Saúde (OMS) recomenda a ingestão diária máxima de 50 g por dia de açúcar. “Eu ainda acho muito. Para mim o ideal seria não passar de 20 g”, indica a nutricionista.

Engana-se, porém, quem pensa que o único problema são os açúcares refinados. Outros carboidratos, como macarrão, pão e arroz brancos, também fazem a alegria dos fungos. Por ter digestão rápida, esses alimentos elevam rapidamente a taxa de açúcar no sangue. A substituição pode ser feita por versões integrais, ricas em fibras.

Para quem tem diabetes e não sabe, a candidíase frequente é um dos primeiros sinais de alerta do corpo. Como a diabetes leva ao aumento dos níveis de açúcar no sangue, muitas vezes quem tem diabetes desenvolve infecções regulares.

Últimas notícias