Enfermeira é 2ª voluntária a receber vacina contra Covid-19 em teste no DF

Mariana Rodriguez da Silva, 29 anos, é servidora do Hospital Universitário de Brasília e conta que já perdeu colegas para o novo coronavírus

atualizado 05/08/2020 19:09

vacina contra o coronavírus que está sendo testado no DFDIVULGAÇÃO/HUB

A enfermeira Mariana Rodriguez da Silva, 29, foi a segunda profissional de saúde a receber a dose experimental da vacina Coronavac em Brasília. Vinda de um plantão de 12 horas, ela foi selecionada no Hospital Universitário de Brasília (HUB) e conta que o estudo clínico gera grande expectativa para quem trabalha no enfrentamento da Covid-19 todos os dias.

“Fico na torcida pra dar tudo certo”, afirma. A enfermeira espera que toda a atenção ao redor dos testes seja suficiente para conscientizar a população sobre a importância do isolamento social, e lembra que ser voluntária é importante: Mariana já chegou a perder colegas para o coronavírus.

Apesar de cansada do plantão, ela se diz animada com o estudo – o braço ficou dolorido, como em uma vacina comum, mas ainda não sentiu nada. Mariana deve preencher um diário de bordo, relatando, diariamente, se sentiu qualquer coisa e se há alteração no local da injeção.

Últimas notícias