Covid-19: máscara de mergulho é adaptada para virar respirador artificial

Cerca de 2,2 mil unidades do equipamento esportivo foram doadas pela empresa Decathlon e serão distribuídas em hospitais brasileiros

atualizado 06/05/2020 11:46

Máscara de mergulho adaptada como respirador para ser usada em pacientes com Covid-19Expedicionários da Saúde/Facebook

Engenheiros brasileiros desenvolveram o protótipo de um respirador artificial feito a partir de máscaras de mergulho. O modelo vai ajudar no tratamento de pacientes da Covid-19 reduzindo a necessidade de entubar aqueles que não apresentam quadros tão graves, mas ainda assim precisam de ajuda para respirar.

Cerca de 2,2 mil máscaras doadas pela empresa francesa Decathlon estão sendo adaptadas para a distribuição nos hospitais brasileiros com a ajuda da ONG Expedicionários da Saúde.

O respirador foi inspirado em um modelo fabricado na Itália, com alguns ajustes para otimizar o desempenho. A equipe de engenheiros brasileiros usou uma impressora 3D para fabricar a válvula que adapta a máscara à fonte de oxigênio.

A peça sai na frente do modelo italiano pois separa o fluxo de entrada e de saída do ar, o que aumenta a segurança dos profissionais de saúde pois o gás carbônico liberado pelo paciente com coronavírus não vai direto para o ambiente.

Três cidades brasileiras já receberam o modelo: Belém, Santarém e Manaus. A empresa aguarda a autorização da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para fazer a entrega do restante do material. (Com informações de O Globo)

Últimas notícias