Coronavírus: pesquisa sugere que grávidas são assintomáticas

Levantamento feito em hospitais de Nova York revelou que 88% das pacientes que receberam resultado positivo não apresentavam sintomas

atualizado 20/04/2020 14:03

gestanteReprodução / Pixabay

Um levantamento feito nas últimas duas semanas em Nova York, nos Estados Unidos, indica que a maioria das gestantes não apresenta os sintomas da Covid-19, infecção provocada pelo novo coronavírus.

O estudo publicado no The New England Journal of Medicine testou 215 mulheres atendidas entre 22 de março e 4 de abril pelas equipes da doutora Dena Goffman, chefe de obstetrícia do Hospital Presbiteriano Allen, de Nova York, e do Centro Médico Irving, da Universidade de Columbia.

Dos casos testados, 33 deram positivo para a Covid-19, mas apenas quatro das mulheres apresentavam sintomas. Ou seja, 88% das grávidas eram assintomáticas. “Embora essa prevalência tenha generalização limitada para regiões geográficas com taxas mais baixas de infecção, ela ressalta o risco de Covid-19 entre as pacientes obstétricas assintomáticas. Além disso, a verdadeira prevalência de infecção pode ser subnotificada devido a resultados falso-negativos de testes para detectar Sars-CoV-2”, alerta a médica no artigo.

A triagem das gestantes começou a ser feita depois que os médicos descobriram que duas mulheres que tinham dado à luz nos hospitais estavam infectadas com o coronavírus. “O acesso a esses dados clínicos oferece uma importante oportunidade para proteger mães, bebês e equipes de saúde durante esses momentos difíceis”, relatou a médica.

Últimas notícias