Conheça a fibromialgia, doença que afeta a cantora Lady Gaga

O mês de fevereiro é dedicado à conscientização sobre doenças incuráveis, entre elas a fibromialgia, o lúpus e o Alzheimer

Ronald Martinez, Getty ImagesRonald Martinez, Getty Images

atualizado 21/02/2019 22:35

Fevereiro é o mês de conscientização de doenças incuráveis, como lúpus, Alzheimer e fibromialgia. Cerca de 3% da população brasileira têm fibromialgia, doença que faz a pessoa sentir dores no corpo, sensibilidade nas articulações, nos músculos, tendões e em outros tecidos moles. A condição está relacionada à fadiga, distúrbios do sono, dores de cabeça, depressão e ansiedade.

A cantora Lady Gaga, que também sofre de lúpus, falou abertamente sobre a doença em seu documentário na Netflix. Em 2017, ela cancelou sua apresentação no Rock in Rio devido às complicações da fibromialgia. Segundo a reumatologista Eliana Teles de Gois, da Aliança Instituto de Oncologia, em Brasília, a intensidade da dor pode variar de paciente para paciente. A médica explica que alguns sentem dores ao sentar, ao abraçar outra pessoa, ao tomar banho. Os sintomas são fundamentais para determinar o tipo de tratamento indicado.

“O tratamento não é só com medicamentos para dor, temos que trabalhar estratégias para que o paciente tenha um bom sono. Indicamos terapia, acupuntura, exercício físico. Adotamos uma abordagem conjunta”, explica a médica.

Um dos principais obstáculos para o diagnóstico é que, em muitos casos, o paciente com dores recebe indicação para tomar analgésicos. Eliana explica que, quando isso acontece, pode haver uma demora no início do tratamento correto. “É importante a orientação correta e o encaminhamento para o reumatologista”, sinaliza a médica. A especialista reforça que, para se fechar um diagnóstico de fibromialgia, é necessário compreender o histórico da doença, conversar bastante com o paciente. Os exames de sangue de quem tem fibromialgia não dão alteração.

Últimas notícias