China já vacinou “centenas de milhares” contra Covid-19, diz jornal

Informação do Wall Street Journal afirma que o país está usando apenas imunizantes ainda em fase de testes como recurso de emergência

atualizado 11/09/2020 14:52

pessoa de máscara em wuhanGetty Images

Segundo o jornal americano Wall Street Journal, a China já imunizou “centenas de milhares” de pessoas contra a Covid-19 com vacinas experimentais. As mais usadas até o momento são as da Sinopharm, laboratório farmacêutico que desenvolve duas fórmulas — as duas estão ainda na terceira etapa do estudo clínico.

Porém, o país asiático concedeu uma aprovação de emergência para usar a imunização na população em julho. Foram vacinados profissionais de saúde e de algumas áreas, como alfândegas. A vacina da Sinovac, que está sendo testada no Brasil, conseguiu a mesma autorização, e imunizou cerca de 3 mil pessoas, a maioria funcionário da própria empresa e seus familiares.

Uma quarta imunização, da farmacêutica CanSino Biologics Inc, foi aplicada em integrantes das Forças Armadas do país em julho — médicos, enfermeiros e funcionários que atuam nas fronteiras do país tiveram preferência.

0

Últimas notícias