Vitamina C é item indispensável na rotina de cuidados com a pele

Produto é um potente antioxidante intracelular e protege o DNA das células

atualizado 19/09/2019 19:49

Unsplash

Que o uso de vitamina C na pele já conquistou muita gente não é exatamente uma novidade. Porém alguns desconhecem o real motivo desse sucesso e os benefícios que a substância causa na pele.

A vitamina C não é produzida por nosso organismo e, por isso, a buscamos em fontes externas. Ela é um potente antioxidante intracelular e protege o DNA das células.

Para explicar melhor: a oxidação produz radicais livres, estimulados pela poluição, tabagismo e radiação solar. São eles os responsáveis pelo envelhecimento da cútis, já que danificam ou causam a morte celular. Os antioxidantes, como a vitamina C, trabalham na eliminação dessas substâncias, impedindo esse processo e, portanto, deixando a pele mais jovem.

Além disso, o uso da vitamina C contribui para a síntese de colágeno. Consequentemente, evita o surgimento de rugas e deixa a pele mais firme e macia.

As asiáticas tradicionalmente valorizam muito o skincare, e começam a usar a vitamina C ainda na adolescência. Não à toa, chegam à idade adulta sem apresentar rugas ou flacidez. Ou seja, ela pode e deve ser usada pela mulher de 20, 30, 40, 50 anos…

Outra característica é que ela inibe a formação de melanina, responsável pela pigmentação. Por isso, está comprovado que a substância é excelente para o clareamento de manchas (de acne, de sol ou até mesmo melasma) e uniformização das tonalidades da pele, deixando-a mais iluminada.

É importante salientar que os ganhos da vitamina C são turbinados quando ela é usada com hidratantes, como o ácido hialurônico ou a vitamina E. Outro ritual válido é passar, em seguida, um protetor solar, que afasta os efeitos nocivos do sol.

Horário

O melhor horário para aplicar a vitamina C? Todos! Como não agride a pele, ela é um ativo incrível para ser usado na rotina da manhã, junto ao hidratante e protetor solar, ou também na rotina noturna, com outras substâncias.

Um dos pontos mais importantes na utilização da vitamina C é que deve-se buscar fazer o uso da substância pura, ou seja, à base de ácido L-ascórbico. Existem, no mercado, inúmeras variações do produto, mas que não trazem os mesmos benefícios. É imprescindível ver a composição na hora de comprar.

Há quem diga que a vitamina C não se comporta bem em peles oleosas, porém, é possível driblar esse problema. Para esses casos, o ideal é que se use a vitamina C pura (sem ser associada com outros ativos hidratantes como a vitamina E, por exemplo) e em forma de sérum ou gel.

Eu, particularmente, tenho a pele mais oleosa e, ainda assim, tenho um ótimo resultado. Uso diariamente há cerca de dois anos e não largo mais!

Na galeria, separei ótimas opções de vitamina C encontradas no Brasil e algumas estrangeiras, a quem tiver a oportunidade de comprar fora.

Vocês já fazem o uso da vitamina C na rotina da pele de vocês? Contem-me nos comentários. Vou amar saber!

0

Últimas notícias