metropoles.com

Veja imagens da destruição de prédio atingido por míssil em Kharkiv

O prédio da administração regional não foi atingido diretamente, mas o armamento provocou destruição no local e ao menos sete mortos

atualizado

Compartilhar notícia

Serviço de Emergência do Estado da Ucrânia/Agência Anadolu via Getty Images
Visão do escritório do governador de Kharkiv danificadoapós o ataque de mísseis do exército russo na cidade - Metrópoles
1 de 1 Visão do escritório do governador de Kharkiv danificadoapós o ataque de mísseis do exército russo na cidade - Metrópoles - Foto: Serviço de Emergência do Estado da Ucrânia/Agência Anadolu via Getty Images

A sede da administração regional de Kharkiv, a segunda maior cidade da Ucrânia, foi alvo de bombardeio do Exército russo nesta terça-feira (1º/3). O prédio não foi atingido diretamente, mas o armamento provocou destruição no local e deixou ao menos sete pessoas mortas, segundo o New York Times.

Nas imagens, é possível ver o momento da explosão, com uma enorme bola de fogo e fumaça. Segundos antes, carros transitavam tranquilamente pelas ruas.

0

A Rússia e a Ucrânia vivem um embate por causa da possível adesão ucraniana à Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), aliança militar liderada pelos Estados Unidos. Na prática, Moscou vê essa possível adesão como uma ameaça à sua segurança.

Diante disso, tropas russas, orientadas pelo presidente Vladimir Putin, iniciaram, na última quinta-feira (24/2), uma ampla operação militar para invadir a Ucrânia., sob a justificativa de ocupar regiões separatistas de Donbass, no leste ucraniano. Em pronunciamento, ele fez ameaças e disse que quem tentar interferir no conflito sofrerá consequências nunca vistas na história.

Veja o momento da explosão próximo à sede do governo:

Hoje, o conflito chega ao sexto dia. Russos sitiaram Kiev e tentam tomar o poder. Hospitais, orfanatos, prédios residenciais, além de escolas e creches, já foram alvos de bombardeios na Ucrânia. Diversos países europeus anunciaram o envio de ajuda estrutural de armas e dinheiro para a Ucrânia, que resiste.

Agora, Kharkiv, próxima à fronteira com a Rússia, também se tornou alvo.

A batalha chegou à cúpula da Organização das Nações Unidas (ONU) e ao Tribunal Penal Internacional, em Haia. Belarus, uma das maiores aliadas da Rússia, entrou no foco da comunidade internacional. O país teria feito ataques à Ucrânia e cedido a fronteira para a invasão russa.

Compartilhar notícia

Quais assuntos você deseja receber?

sino

Parece que seu browser não está permitindo notificações. Siga os passos a baixo para habilitá-las:

1.

sino

Mais opções no Google Chrome

2.

sino

Configurações

3.

Configurações do site

4.

sino

Notificações

5.

sino

Os sites podem pedir para enviar notificações

metropoles.comNotícias Gerais

Você quer ficar por dentro das notícias mais importantes e receber notificações em tempo real?

Notificações