União Europeia anunciará boicote ao petróleo russo nesta semana

Segundo presidente da França, Emmanuel Macron, bloco articula a sanção econômica para frear guerra na Ucrânia

atualizado 10/05/2022 10:31

O presidente da França, Emmanuel Macron, adiantou que a União Europeia deve anunciar ainda esta semana o embargo ao petróleo russo.

Nesta terça-feira (10/5), Macron confirmou que os países do bloco negociam o boicote, apesar da resistência da do primeiro-ministro húngaro, Viktor Orbán. Ele comparou os planos a uma “bomba atômica”.

0

O boicote será mais uma tentativa de frear a investida militar do presidente russo, Vladimir Putin, contra a Ucrânia. A guerra chega nesta terça ao 76º dia.

Para demover a Hungria, a presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, esteve em Budapeste na segunda-feira (9/5). Ela afirma que “houve progresso” nas negociações.

Diplomatas da União Europeia insistem que todos os 27 estados membros estão unidos pela ideia de uma proibição do petróleo russo. O bloco pretende anunciar um novo conjunto de sanções econômicas contra oligarcas influentes, políticos e empresas russas.

Rússia e Ucrânia vivem um embate por causa da possível adesão ucraniana à Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), entidade militar liderada pelos Estados Unidos.

Na prática, Moscou vê essa possibilidade como uma ameaça à sua segurança. Sob essa alegação, invadiu o país liderado por Volodymyr Zelensky, em 24 de fevereiro.

Receba notícias do Metrópoles no seu Telegram e fique por dentro de tudo! Basta acessar o canal: https://t.me/metropolesurgente.

Mais lidas
Últimas notícias