Rússia fará desfile militar com armas de possível Terceira Guerra

Entre as armas que estarão no desfile, está o "avião do juízo final" e o míssil Sarmat, apelidado de Satanás 2 por analistas ocidentais

atualizado 06/05/2022 16:42

áreas de conflito na região de Hostomel, enquanto os ataques russos à Ucrânia continuam, em 03 de abril de 2022 em Bucha, UcrâniaMetin Aktas/Anadolu Agency via Getty Images

O governo russo prepara um desfile militar para a próxima segunda-feira (9/5), data em que é comemorada a derrota dos nazistas na Segunda Guerra, em 1945, na praça Vermelha, coração de Moscou.

Ao todo, 131 unidades de armas modernas e equipamentos militares, 77 aviões e helicópteros participarão do desfile. A expectativa é de que o presidente Vladimir Putin também compareça.

Entre as aeronaves do desfile, está o “avião do juízo final”, que será exposto pela primeira vez desde 2010. Trata-se de uma versão modificada do modelo Iliuchin Il-80, feito para servir de centro de comando e controle para Putin caso ocorra uma guerra nuclear. O avião não tem janelas e é inteiramente pintado de branco para refletir a energia térmica e o clarão de explosões nucleares.

Além dele, o governo russo deve apresentar seus mísseis intercontinentais para intervenções nucleares, como o Sarmat e o Iars, armas de destruição em massa talhadas para uma Terceira Guerra Mundial.

O Sarmat, apelidado de Satanás 2 por analistas ocidentais, está entre os mísseis de próxima geração da Rússia que Putin chamou de “invencíveis”. Ele foi projetado para substituir o Voevoda ICBM da era soviética, conhecido pela designação da Otan SS-18 Satan.

0

Segundo o site independente Sota, empresas estatais estão em busca de “especialistas em mobilização” para preparar o anúncio de uma possível “guerra contra os nazistas do mundo”. O Kremlin, no entanto, nega.

Também há a especulação de que Putin possa usar o evento para fazer uma declaração de algum tipo de vitória ou a anexação das áreas já ocupadas.

Receba notícias do Metrópoles no seu Telegram e fique por dentro de tudo! Basta acessar o canal: https://t.me/metropolesurgente.

Mais lidas
Últimas notícias