EUA: presidente da Câmara quer limitar poder de Trump sobre Irã

Nancy Pelosi anunciou que vai propor uma resolução que restrinja ações do presidente e reforce supervisão do Congresso

atualizado 06/01/2020 16:37

Isac Nóbrega/PR

A presidente da Câmara dos Deputados dos Estados Unidos, Nancy Pelosi, anunciou, nesta segunda-feira (06/01/2020), que vai propor uma “resolução de poderes de guerras” que limite as ações do presidente Donald Trump no Irã. O intuito, segundo ela, é reforçar a supervisão do Congresso sobre as ações militares do governo federal.

Na carta em que enviou aos colegas democratas, Pelosi disse que, de acordo com os termos do documento, caso nenhum novo ato legislativa seja editado, as ações militares relacionadas ao Irã devem cessar em 30 dias.

Como a maioria da Câmara é democrata, assim como Pelosi, a resolução deve passar no plenário.

No Senado, contudo, majoritariamente republicano, qualquer iniciativa do tipo deve ser barrada. Já há, aliás, uma proposta semelhante na Casa, apresentada pelo senador Tim Kaine, do partido Democrata como Pelosi.

Após críticas por não ter comunicado o parlamento sobre sua decisão de autorizar ataque que resultou na morte do general iraniano Qassim Suleimani, Trump disse, no último domingo (05/01/2020), que sua série de tweets ameaçando o Irã serviriam de aviso ao Congresso.

Últimas notícias