Argentina: Fernández e Kirchner celebram saída de Lula da prisão

Dupla peronista foi eleita presidente e vice-presidente no último mês para governar o país vizinho

redes sociais/ reproduçãoredes sociais/ reprodução

atualizado 08/11/2019 18:59

O novo governo argentino celebrou nesta sexta-feira (08/11/2019) a liberdade do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Alberto Fernández, presidente eleito, e Cristina Kirchner, vice eleita, usaram as redes sociais instantes após a saída do petista da prisão da Polícia Federal (PF), em Curitiba (PR), na tarde desta sexta.

“Sua força demonstra não apenas o compromisso mas a imensidão desse homem”, escreveu Alberto Fernández após considerar a condenação de Lula uma “perseguição”. O peronista pediu “Lula livre” horas antes do resultado das eleições na Argentina, no fim do mês passado. Ele ganhou do atual presidente do país, Maurício Macri, candidato de Jair Bolsonaro (PSL).

A ex-presidente Cristina Kirchner também celebrou a liberdade de Lula. “Hoje cessa uma das maiores aberrações da lei na América Latina: a privação ilegítima da liberdade do ex-presidente da República Federativa do Brasil Luiz Inácio Lula da Silva”, descreveu Kirchner, eleita vice-presidente do país.

Últimas notícias