Estado dos EUA pagará R$ 543 a jovens que se vacinarem contra a Covid

Segundo o governador Jim Justice, a ideia é que 70% da população elegível da Virgínia Ocidental sejam vacinados

atualizado 28/04/2021 10:58

injeção vacina dose coronavírus covidMufid Majnun/Unsplash

O governo da Virgínia Ocidental, nos Estados Unidos, anunciou na segunda-feira (26/4) que pagará para que uma parcela mais jovem da população, entre 16 e 35 anos, se vacine contra a Covid-19.

A medida do governo pretende incentivar a imunização da parcela de habitantes que ainda não compareceu a um dos pontos de vacinação.

“Para cada um de nossos jovens, nós vamos dar um título de poupança de US$ 100 (equivalente a R$ 543, na cotação atual) para cada um que se apresentar e tomar suas vacinas”, disse o governador republicano Jim Justice, em uma entrevista coletiva.

“Nossos filhos de hoje provavelmente não percebem o quão importante eles são para acabar com isso [a pandemia]. Estou tentando encontrar uma maneira que realmente os motive — e a nós — a superar o obstáculo”, continuou Justice.

O governo, segundo comunicado, pretende vacinar 70% da população elegível da Virgínia Ocidental. No entanto, 52% receberam a primeira dose, enquanto 37% delas foram totalmente vacinadas.

“Eles não estão tomando as vacinas tão rápido quanto gostaríamos. Se realmente queremos mover a agulha, temos que vacinar nossos jovens”, acrescentou.

Cerca de 380 mil pessoas entre 16 e 35 anos poderão receber o incentivo para vacinação, abordando ainda aqueles que já se vacinaram e correspondem à faixa etária.

Últimas notícias