Petróleo atinge US$ 70 com troca de ameaças entre EUA e Irã

A Petrobras, por sua vez, não anunciou — até o momento — alta no preço do combustível no mercado nacional

PixabayPixabay

atualizado 06/01/2020 11:53

Pela primeira vez desde setembro, o preço do barril de petróleo ultrapassou, nesta segunda-feira (06/01/2020), US$ 70 em Londres. A alta ocorre após escalada da tensão entre Estados Unidos e Irã.

Os contratos futuros de Brent tiveram alta de 3,1% e atingiram US$ 70,74 no ICE Futures Europe. O barril era cotado em Londres a US$ 69,55 às 10h32, de acordo com o horário local.

O contrato subiu 3,6% na última sexta-feira (03/01/2020), dia após o assassinato do general iraniano Qassim Suleimani. O ataque foi autorizado pelo presidente norte-americano, Donald Trump.

A Petrobras, por sua vez, não anunciou — até o momento — alta no preço do combustível no mercado nacional.

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) convocou uma reunião nesta segunda-feira com a equipe econômica para discutir ações ante uma possível alta no preço do petróleo.

Na sexta-feira, Bolsonaro sugeriu apelar para que governadores reduzam a alíquota do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), caso a possibilidade de alta no preço do combustível no país se concretize. (Com informações da agência Bloomberg)

Últimas notícias