Um cantinho de boa pizza chamado Castália

Firmada como uma das melhores padarias de Brasília, marca investe em pizzaria despojada na Asa Norte

atualizado 19/05/2022 14:28

Foto: Luciana Barbo

Nesta coluna de número 100 eu vou falar sobre um lugar que venho frequentando bastante ultimamente, não somente pela comida, mas também pelo ambiente e atendimento despojadão.

A Castália já é uma marca conhecida na cidade com dois endereços, na 102 Norte e na 304 Sul, que vendem pães deliciosos. Para mim, estão entre os melhores da cidade. Daí que em novembro de 2021, o boulanger Eduardo Tavares, seu irmão André e o primo Pedro Abott abriram as portas da Castália Pizza e Cerveja com a ideia de servir redondas de fermentação natural e prolongada.

Para isso, o padeiro estudou por vários meses até chegar à receita ideal. Pizza pode parecer um negócio simples, corriqueiro, mas há muitos fatores que influenciam a produção e o padrão. Agora, por exemplo, que está fazendo tempo frio, a massa se comporta de forma diferente, então é preciso conhecimento aprofundado para não desapontar a clientela.

“As massas são produzidas com farinha italiana, com fermentação natural e método biga. E o menu é simples, com os ingredientes falando por si só e aquela qualidade que a gente já oferece na padaria”, contou Eduardo à época da abertura.

O menu

Dez pizzas salgadas e uma doce resumem o que tem no menu da pizzaria. Com exceção da Pelade, que leva apenas pomodoro pelati, tomate cereja, alho, orégano fresco e azeite, e sai a R$ 36, todas as outras saem a R$ 44. Ah, vale ressaltar que todas têm nome s diferentões.

Gosto muito da BSB é 1 Ovo com pomodoro pelati, mozzarella de búfala, copa lombo da casa, cebola, azeitona e ovo caipira (R$ 44) e da Especial pra C**0, que também tel molho de tomate, queijo de búfala e de cabra (da Cabríssima), e espinafre. Tudo temperado com lemon pepper, que dá um sabor todo especial.

Publicidade do parceiro Metrópoles 1
Publicidade do parceiro Metrópoles 2
0

A Fungada no Cangote é para quem gosta de alho frito finalizando e, por baixo o pomodoro pelati, a mozzarella, cogumelos e rúcula. Ainda estou para provar a Via Láctea, na qual o chef combinou gorgonzola, catupiry, parmesão e mozzarella de búfala, além do molho de tomate.

A única representante doce é a Doroteia, com banana, queijo de búfala e caramelo da casa (R$44). E quem quiser comer uma torta no lugar da redonda, as opções são a de chocolate com flor de sal (R$ 14), que já é um clássico da marca, e a de nozes com doce de leite (R$ 16), também muito boa.

Bebes

Para acompanhar a comida, a marca desenvolveu rótulos próprios com a cervejaria Cruls e o mestre no assunto Jonas de Morais. A série é formada por uma New England IPA (R$ 24), uma American Pilsner (R$ 20) e outra Red Ale (R$ 18). Todas são bem carbonatadas e gostosas para quebrar a gordura dos ingredientes das pizzas.

Na carta de bebidas, ainda estão disponíveis alguns rótulos de vinhos selecionados e com preços justos, como o português Astrolabium (R$ 88), elaborado com Touriga Nacional, Aragonez, Alfrocheiro.

Como falei no início do texto, o atendimento é bem despojado. Então, os clientes precisam fazer o pedido no caixa e aguardar ficar pronto. A casa encoraja comer com as mãos, mas há pratos, garfos e facas disponíveis no balcão.

Serviço:
Endereço: SHCGN 708/709
Funciona de quarta a domingo, das 18h às 23h
Instagram: @castaliapizza
Entregas pelo iFood

Para mais dicas de gastronomia, siga @lucianabarbo no Instagram.

Mais lidas
Últimas notícias