Castália: dica certeira para comprar pães artesanais com personalidade

Marca fundada em 2017 é referência em boa comida e pães artesanais

atualizado 02/04/2022 11:47

Michael Melo/Metrópoles

Era janeiro de 2017 quando o designer Eduardo Tavares abriu a sua primeira padaria, em parceria com o irmão, André, e o primo Pedro Abott. Apaixonado por fermentação, ela havia passado os últimos anos estudando o assunto (fez inclusive um curso de panificação na Califórnia) e oferecendo suas criações a familiares e amigos.

A Castália chegou num momento em que começava a explodir em Brasília o movimento dos pães artesanais e logo me encantou com aquele cheirinho bom que saía do subsolo do bloco D, da comercial da 102 Norte. As primeiras semanas, inclusive, foram de filas na porta e de algumas reclamações pela não contemplação de todos que queriam provar os pães da marca.

Após dois anos e muito aprendizado para deixar a operação redonda, chegava ao mercado a segunda unidade, na 304 Sul, que é mais do que uma padaria. O endereço virou o meu xodó por oferecer um menu mais robusto, com sanduíches, torradas, hambúrgueres e, para acompanhar, milk shakes e smoothies, além dos pães, folhados e bolos da primeira unidade.

No rol de torradas, há opções com diferentes pães. O de centeio pode vir com queijo boursin da Cabríssima, rúcula, tomate seco de produção própria e picles de cebola roxa (R$ 24); ou com creme de gorgonzola e abóbora assada no melado de cana (R$ 20), recém criada e deliciosa.

As minhas favoritas são a de pão 100% integral com abacate ao limão, picles de cebola roxa, ovo frito com gema mole, pó de pimenta calabresa e páprica defumada (R$ 18), e com pão da casa com salmão defumado e curado com beterraba e açúcar mascavo, rúcula, picles de beterraba e maionese de coentro (R$ 26).

Nos sanduíches, os destaques são o de pastrami elaborado com carne Beef Passion, picles de pepino com endro, mostarda da casa e dijon (R$ 38), o de porco desfiado, coleslaw com iogurte e ketchup próprio (R$ 28). Para os veganos, uma opção é o de falafel com homus, salada de repolho com pepino, picles de cebola e hortelã (R$ 26) e o de brócolis grelhado e molho romesco (R$ 24), ambos no pão de abóbora.

Para o almoço ou jantar, que exigem algo mais robusto, as sugestões são os dois hambúrgueres no brioche da casa. O primeiro leva smash de beef Passion, maionese com pesto, queijo gruyère, rúcula e tomate seco, picles de cebola roxa e ketchup. Já o segundo vai com carne, maionese picante, mozzarella de búfala e bacon, picles de pepino. Ambos saem a R$ 38.

Publicidade do parceiro Metrópoles 1
Publicidade do parceiro Metrópoles 2
Publicidade do parceiro Metrópoles 3
0

Quem não dispensa uma sobremesa, tem à disposição uma seleção de doces, na qual a grande estrela é a torta de chocolate com flor de sal (R$ 12), que está na lista das minhas delícias favoritas com o ingrediente. Outra boa pedida é o bolo de nozes com doce de leite (R$ 14), fofinho e equilibrado. Tem ainda um de banana com nozes e o de laranja com framboesa, bem gostosinhos também. Ambos custam R$ 9.

Nas bebidas, gosto dos refrescos de hibisco com maracujá e de gengibre com limão e framboesa, do mate com limão e do guaraná com água gaseificada. Nas quentes, a minha favorita é o cappuccino, um dos melhores da cidade.

Os pães ficam dispostos em estantes na parte interior da loja da Asa Sul

Para casa

Na parte da padaria, que é uma grande tentação, não poderia faltar croissant bem amanteigado (R$ 8), baguete (R$ 8), pão de azeitona (R$ 12). O de cacau com castanha de baru e gostas de chocolate (R$ 6,50) é dono da minha cobiça.

Tem ainda o pão de gorgonzola com nozes (R$ 15), de farinha espelta (rica em proteína) com chia (R$ 14), abóbora com tomilho e flocos de cebola (R$ 6,50), e o multigrãos com curry (R$ 6,50).

É possível levar para casa ainda, alguns itens usados no menu, como o salmão defumado com pimenta de macaco (R$ R$ 25, 100g), típica do Cerrado, pesto de espinafre, manjericão, castanha de caju, parmesão (R$ 30), rillette de porco temperada com tomilho e louro (R$ 10), geleias, caramelo com flor de sal, pasta de castanha de caju, entre outros itens.

Seja para tomar um café da manhã um pouco mais tarde, fazer um almoço rápido, um happy hour ou um brunch no domingo, a Castália é a pedida certeira. Só lembrando que o menu da Asa Sul é mais extenso que o da Asa Norte.

Serviço:
Castália Artesanal
CLN 102, bloco D, Loja 64/74
Funciona de terça a sábado, das 9h às 20h
Telefone: (61) 3081-8899

CLS 304, bloco B, lojas 2/4
Telefone: (61) 3224-2765
Funciona de terça a domingo, das 9h às 20h
Instagram: @castaliartesanal

Para mais dicas de gastronomia, siga @lucianabarbo no Instagram.

Mais lidas
Últimas notícias