*

Mesmo “escondida”, a American Cookies, uma lojinha no subsolo do comércio da CLSW 103, chama atenção de quem passa pela comercial quando saem as fornadas: o aroma toma a rua. Dentro do local, encontra-se um balcão com várias versões de cookies. Inaugurada na primeira quinzena de junho, a casa oferece nove sabores no cardápio fixo e um sabor extra (sazonal). Os preços variam entre R$ 9,50 e R$ 12.

Os cookies são uma moda mundial. No eixo Rio–São Paulo, é comum encontrarmos diversas lojas e marcas desse delicioso quitute. Na capital federal, ele parece restrito como produto de padarias ou item principal de vendas de grandes franquias. O casal Francielle Faria e Rafael Macedo deseja mudar isso.

 

Ela é de São Paulo, e ele, da Bahia. Os dois se conheceram aqui e, em 2012, enquanto caminhavam por um shopping, provaram pela primeira vez um cookie. Foi paixão à primeira mordida. Chegaram em casa, procuraram receitas na internet e começaram a testar preparos. Modificaram as fórmulas até os biscoitos ficarem de acordo com seus paladares, então começaram a distribuir os resultados entre os amigos. Em seguida, iniciaram a produção sob encomenda.

Mas tudo mudou quando provaram o cookie da Levain Bakery, considerado o melhor do mundo. Apaixonaram-se e começaram a reproduzi-lo. Depois de testes, chegaram ao que hoje é vendido na loja com o nome de New York (R$ 12), o único de 120 gramas – os outros possuem 100g. O biscoito tem exterior crocante e recheio macio.

“O sucesso é tão grande que, mesmo recém-inaugurados, às vezes ficamos até as 22h assando cookies para os clientes que passam no comércio e sentem o aroma dos biscoitos”, contam os proprietários.

 

CLSW 103 (Sudoeste), Bloco A, Loja 63, subsolo. Telefone: (61) 98198-3232. De segunda a sábado, das 12h às 21h