Sommelier indica vinhos para tomar em dias muito quentes

Nesses dias de forte calor que assolam o Distrito Federal, as bebidas mais leves são uma boa opção

atualizado 12/09/2019 13:18

Divulgação

Os dias quentes definitivamente chegaram, tornando comum ver os termômetros na casa dos 30ºC. Para quem não abre mão de um bom vinho, o calor não é desculpa. Os espumantes e os  brancos são a primeira ótimas pedidas, por conta de sua leveza, acidez e temperatura de serviço. O rosé é uma excelente opção também, visto que tem tudo a ver com a primavera, que se inicia dia 23 de setembro:

“Os vinhos rosés têm uma grande vantagem: vão bem tanto com saladas, peixes, frutos do mar, massas e outros pratos leves”, diz Frederico Benjamin, sommelier da Porto a Porto em Brasília.

O especialista indica outros rótulos, como o espanhol Numbered Edition, elaborado na Rioja com uvas Tempranillo procedentes de três diferentes terroirs. Esse vinho é de uma edição limitada e numerada, por isso cada garrafa é única. Outro espanhol é o 99 Rosas, orgânico e refrescante, produzido com uva Garnacha.

Para os mais tradicionais, a dica são dois clássicos da Provence, o Manon Côtes de Provence, um rosé elegante, e o Jas des Vignes Provence Rosé IGP, com aromas florais e notas de morango. No novo mundo, o Nederburg Rosé, um sul africano com notas de frutas vermelhas, é ideal ao lado de salmão defumado e pratos vegetarianos.

Caso prefira vinhos brancos, o sommelier sugere um Sauvignon Blanc de safra nova ou um branco da uva Chardonnay, mas sem passagem por madeira.

0
Os tintos também têm vez

Embora, normalmente, tomados em dias mais frios, os vinhos tintos também podem ser apreciados nesta época do ano: a sugestão é optar por bebidas mais leves e delicadas, como as feitas com a uva Pinot Noir. Indo um pouco mais longe, Merlot ou Carménère de baixa graduação alcoólica, sem passagem por madeira e com taninos mais leves, também podem agradar.

Últimas notícias