Sommelier indica vinhos para tomar em dias muito quentes

Nesses dias de forte calor que assolam o Distrito Federal, as bebidas mais leves são uma boa opção

DivulgaçãoDivulgação

atualizado 12/09/2019 13:18

Os dias quentes definitivamente chegaram, tornando comum ver os termômetros na casa dos 30ºC. Para quem não abre mão de um bom vinho, o calor não é desculpa. Os espumantes e os  brancos são a primeira ótimas pedidas, por conta de sua leveza, acidez e temperatura de serviço. O rosé é uma excelente opção também, visto que tem tudo a ver com a primavera, que se inicia dia 23 de setembro:

“Os vinhos rosés têm uma grande vantagem: vão bem tanto com saladas, peixes, frutos do mar, massas e outros pratos leves”, diz Frederico Benjamin, sommelier da Porto a Porto em Brasília.

O especialista indica outros rótulos, como o espanhol Numbered Edition, elaborado na Rioja com uvas Tempranillo procedentes de três diferentes terroirs. Esse vinho é de uma edição limitada e numerada, por isso cada garrafa é única. Outro espanhol é o 99 Rosas, orgânico e refrescante, produzido com uva Garnacha.

Para os mais tradicionais, a dica são dois clássicos da Provence, o Manon Côtes de Provence, um rosé elegante, e o Jas des Vignes Provence Rosé IGP, com aromas florais e notas de morango. No novo mundo, o Nederburg Rosé, um sul africano com notas de frutas vermelhas, é ideal ao lado de salmão defumado e pratos vegetarianos.

Caso prefira vinhos brancos, o sommelier sugere um Sauvignon Blanc de safra nova ou um branco da uva Chardonnay, mas sem passagem por madeira.

Os tintos também têm vez

Embora, normalmente, tomados em dias mais frios, os vinhos tintos também podem ser apreciados nesta época do ano: a sugestão é optar por bebidas mais leves e delicadas, como as feitas com a uva Pinot Noir. Indo um pouco mais longe, Merlot ou Carménère de baixa graduação alcoólica, sem passagem por madeira e com taninos mais leves, também podem agradar.

Últimas notícias