*

Tem point novo na cidade: o Eskina Bar ocupa, ainda na primeira quinzena de julho, espaço na 206 Sul – local onde anos funcionou o restaurante Camarões & Cia. A casa promete unir o espírito descontraído dos botecos, com atendimento, drinques e cardápios de qualidade.

Na parte de bebidas, os seis sócios do projeto – Thiago Madeira, Atie Araújo, Luiz Ros, Sérgio Sant’ana, Ricardo Alves e Olavo Zago – convidaram o mixologista Diogo Sevilio (campeão do World Class Brasil 2017) para elaborar a carta de drinques. Além de cerveja bem gelada, a casa aposta em boas receitas.

Uma delas é o Azedim (R$ 26), uma mistura de água tônica, licor elaborado por Sevilio e vodca. “Esse é um dos destaques da casa, está bem gostoso”, antecipa Madeira. O Eskina, com capacidade para 250 clientes, tem projeto dos arquitetos George e Julia Zardo.

Boteco com comida boa
O cardápio da nova casa teve consultoria do chef Paulo Tarso. “A gente apresenta a comida de boteco com uma cara mais elaborada, mas não é nada exagerado. Os preços são entre R$ 15 e R$ 25”, explica Madeira.

A casa servirá hambúrgueres produzidos no charbroil – método de chama aberta. Além disso, tem bruschetta de cogumelos, dadinho de tapioca e fondue de frutas. No próximos dias, o estabelecimento pretende abrir serviço de bufê a quilo no almoço.

“O hambúrguer será servido no pão francês com fondue de cheddar. Além disso, vamos servir picadinho e opções veganas e vegetarianas”, adianta o chef Paulo Tarso.

Divulgação

 

Um diferencial do Eskina é a comanda individual. O cliente receberá o cartão logo na entrada e poderá pagar somente sua parte, facilitando mesas com número grande de pessoas. “É um atendimento de boate, para deixar a vida do pessoal mais fácil”, diz Madeira.

Eskina Bar
Na 206 Sul. Todos os dias, das 12h à 1h